São João del Rei Transparente

Links

Escopo: Local / Global

BA Choose: iniciativa que propõe uma evolução da participação cidadã em Buenos Aires

https://baelige.buenosaires.gob.ar/

BA Choose é uma iniciativa que propõe uma evolução da participação cidadã, para que em diferentes etapas, todos proponhamos e escolhamos ideias que ajudem a melhorar bairros, comunas e a Cidade de Buenos Aires. É um espaço aberto e acessível onde todos podemos tornar nossas ideias realidade.

Todos nós temos a possibilidade de criar propostas, co-criá-las de forma colaborativa e apoiar aquelas que outros pensaram. Se você tem domicílio na Cidade de Buenos Aires, também poderá votar nessas ideias para que juntos possamos construir a cidade que sonhamos, já que alocamos até $ 600 milhões, parte do orçamento total de investimentos da Cidade de 2020, para que possam levar acabado.

O Governo da Cidade de Buenos Aires assume a decisão como vinculativa e os projetos vencedores serão incluídos no orçamento a ser executado a partir de 1º de janeiro de 2020.

Como na segunda edição, haverá até US $ 500 milhões do orçamento alocado para as 15 comunas que compõem a Cidade de Buenos Aires. A distribuição dos orçamentos por comuna era feita em proporção à sua população e inversamente proporcional à sua renda per capita. Conheça a distribuição do orçamento por comunas .

Além disso, há até R $ 100 milhões destinados a projetos que beneficiam toda a Prefeitura.

Como surge

Desde o Governo da Cidade de Buenos Aires queremos promover a participação dos residentes nas decisões que possam melhorar a qualidade de vida de todos os que desfrutam da Cidade.

Por isso, em março de 2017, a Subsecretaria de Comunicação lançou a iniciativa BA Choose, que resultou da colaboração entre a área de Participação Cidadã do Governo da Cidade de Buenos Aires e a Prefeitura de Madrid. Juntos trabalhamos para adaptar a plataforma Cónsul, open source, às necessidades da Cidade de Buenos Aires.

Como funciona

1. Registro no site.

Para entrar na plataforma e começar a fazer parte do BA Choose, você pode se cadastrar através do seu Facebook, Twitter, perfil do Google+ ou digitando seu email e senha. Depois de fazer isso, você receberá um e-mail para confirmar seus dados.

2. Envie sua proposta.

Você pode enviar uma proposta independentemente da sua idade e nacionalidade, e sem que seja necessário ter um endereço na Cidade de Buenos Aires. Basta clicar no botão “Adicionar sua proposta” e preencher os campos obrigatórios. Sugerimos que você leia atentamente as recomendações de Criar uma proposta , para que tenha mais possibilidades de agregar mais apoios e votos nas etapas seguintes.
Lembre-se de que você pode enviar todas as propostas que desejar!
Além disso, este ano adicionamos a possibilidade de criar propostas colaborativas.
Você poderá somar suas ideias às propostas de outrem, para que juntos possamos continuar transformando a Cidade que desejamos.
Se você estiver criando uma proposta e o sistema detectar que existe uma semelhante à sua, você poderá adicionar suas ideias à proposta criada anteriormente.
Se você estiver navegando na plataforma e encontrar uma proposta à qual deseja acrescentar ideias, também poderá fazê-lo!
Propostas colaborativas:

-Você será capaz de identificar as propostas que foram co-criadas colaborativamente com este ícone: Colaboradores Ico

 

3. Apoio de propostas.

Poderá apoiar as propostas que mais goste clicando no botão “Apoiar”, localizado à direita de cada uma. Não há limites para a quantidade de suporte que você dá, mas você só poderá apoiar cada proposta uma vez.

O valor do apoio que cada proposta recebe determinará a ordem em que serão analisadas posteriormente por cada área na etapa de análise de propostas.

4. Análise de propostas.

As propostas serão ordenadas, de acordo com a comuna a que correspondam, do maior para o menor, em função do número de apoios recebidos na fase anterior.

Nesta etapa, as áreas do GCBA competentes ao tema de cada proposta analisarão o maior número possível de ideias, respeitando a ordem previamente estabelecida, não sendo obrigatória a análise de todas.

Nesta etapa de avaliação, será definido se as propostas atendem aos requisitos de validade, viabilidade e legalidade, e será feito um orçamento estimado do custo econômico que sua execução representará.

Serão excluídas do resto do processo as propostas que não sejam de investimento, cujos custos excedam o orçamento previsto, as que não se enquadrem no âmbito do GCBA, as que sejam contrárias à regulamentação aplicável ou as que sejam tecnicamente inviáveis.

 

Ao final, serão publicadas todas as propostas, viáveis ​​e inviáveis, com seus respectivos relatórios e citações. As propostas aprovadas se transformarão em projetos e irão para a próxima etapa, em votação.

5. Projetos de votação.

Todos os residentes com mais de 16 anos podem votar, cujo DNI contém um endereço que corresponde à Cidade Autônoma de Buenos Aires e podem exercer direitos políticos nessa jurisdição.

Os projectos podem ser votados ao nível da comuna e / ou cidade, cada participante poderá votar apenas na comuna da sua escolha, sem necessidade de esta corresponder ao seu domicílio.

Uma vez selecionado o distrito ou a cidade inteira, o orçamento alocado em cada caso pode ser visualizado na barra localizada na parte superior da tela. Isso será reduzido à medida que mais projetos forem votados.

Você poderá votar em todos os projetos que desejar, desde que haja um orçamento disponível (embora não precise estar totalmente esgotado).

Terminada a votação, os projetos serão ordenados pelas Comunas, do maior para o menor, de acordo com o número de votos obtidos. Nesse sentido, será levado em consideração, em primeiro lugar, que há um projeto vencedor por Comuna (o mais votado, sem um mínimo de votos). Para um segundo lugar, será necessário um mínimo de cem (100) votos, desde que a soma não ultrapasse o orçamento atribuído à respectiva Comuna.

No nível municipal, será necessário que o projeto tenha obtido duzentos (200) votos ou mais e que a soma não ultrapasse o orçamento atribuído.

Você pode revisar os projetos votados inserindo "Meus votos". Podem ser canceladas a qualquer momento até ao final da etapa e iniciar a votação em outra comuna. Não é necessário confirmar o voto em nenhum momento.

Banca de Jornais on line

http://en.kiosko.net/es/

Banco de Legislação

http://www.rits.org.br/legislacao_teste/lg_testes/lg_mat01_bancoleg.cfm

Legislação aplicável ao terceiro setor, na íntegra, sem cortes, organizada por tipo de normas e data ou por temas pela Rits-Rede de Informações para o Terceiro Setor

Banco de Tecnologias Sociais

http://www.tecnologiasocial.org.br

None

Banco de Tecnologias Sociais . Premio Fundação Banco do Brasil

http://www.fbb.org.br/tecnologiasocial

Biblioteca Digital da Câmera

http://bd.camara.gov.br

Dissemina documentos digitais de interesse da atividade legislação e da sociedade

Biblioteca Digital da Comunidade Européia

http://www.europeana.eu/portal/

A Biblioteca Digital da Comunidade Européia oferece aproximadamente 4 milhões de itens digitais entre imagens, textos, sons e vídeos.
O acervo vem de museus, galerias, arquivos, livrarias e coleções de bibliotecas nacionais européias, entre elas, o Rijksmuseum, em Amsterdam, a British Library, em Londres e o Louvre, em Paris.
O conteúdo é oferecido em várias línguas (quando testei, o português não estava funcionando) e o usuário pode usar a opção My Europeana para salvar suas buscas e itens favoritos.
Fonte: www.pesquisa

Biblioteca Digital de acervos de instituições públicas do Estado de Minas Gerais

http://www.bibliotecadigital.mg.gov.br/apresentacao/apresentacao.php

Biblioteca Digital Mundial

http://www.wdl.org/pt/

Lançada pela UNESCO, disponibiliza na Internet, gratuitamente e em formato multilíngue, importantes fontes, provenientes de países e culturas de todo o mundo.
Possibilita o acesso a tesouros culturais de todo mundo, de diversas formas - manuscritos, mapas, livros raros, partituras, gravações, filmes, gravuras, fotografias e desenhos arquitetônicos.
Os itens podem ser pequisados por lugar, período, tema, tipo de item e instituição contribuinte ou por uma pesquisa aberta, em vários idiomas.
É importante estar atento às questões de direitos autorais. Ao publicar ou, de alguma forma, distribuir materiais encontrados em coleções parceiras da Biblioteca Digital Mundial, o pesquisador tem a obrigação de satisfazer os direitos autorais nacionais e internacionais ou quaisquer outras restrições de uso.
Mais informações sobre direitos autorais em http://www.wipo.int/about-ip/en/
Fonte: www.pesquisa

Biblioteca Digital Mundial . Unesco

http://www.wdl.org/pt/

None

Biblioteca Mundial da ONU

http://www.wdl.org

Reúne mapas, textos, fotos, gravações e filmes de todos os tempos e explica em sete idiomas as jóias e relíquias culturais de todas as bibliotecas do planeta. "Tem, sobre tudo, carácter patrimonial" , segundo o jornal  LA NACION. O  projeto é impulsionado pela UNESCO e outras 32 instituições. A BDM não oferece documentos correntes, a não ser "com valor de  patrimônio, que permitirão apreciar e conhecer melhor as culturas do mundo em idiomas diferentes: árabe, chinês, inglês, francês, russo, espanhol e português. Há documentos em linha em mais de 50 idiomas".
Entre os documentos mais antigos há alguns códices  pré-colombianos, graças à contribuição do México, e os primeiros mapas da América, desenhados por Diego Gutiérrez para o rei de Espanha em 1562".
Os tesouros incluem o Hyakumanto Darani , um documento em japonês publicado no ano 764 e considerado o primeiro texto impresso da história; um relato dos azetecas que constitui a primeira menção do Menino Jesus no Novo Mundo; trabalhos de cientistas árabes revelando o mistério da álgebra; ossos utilizados como oráculos e esteiras chinesas; a Bíblia de Gutenberg; antigas fotos latino-americanas da Biblioteca Nacional do Brasil e a célebre Bíblia do Diabo, do século XIII, da Biblioteca Nacional da Suécia.
Fácil de navegar:
Cada jóia da cultura universal aparece acompanhada de uma breve explicação do seu conteúdo e seu significado. Os documentos foram passados por scanners e incorporados no seu idioma original, mas as explicações aparecem em sete línguas, entre elas o PORTUGUÊS. A biblioteca começa com 1.200 documentos, mas foi pensada para receber um número ilimitado de textos, gravados, mapas, fotografias e ilustrações. Permite ao internauta orientar a sua busca por épocas, zonas geográficas, tipo de documento e instituição. O sistema propõe as explicações em sete idiomas (Árabe, Chinês, Inglês, Francês, Russo, Espanhol e Português), embora os originais estejam na sua língua original.
A excelente definição das imagens permite uma leitura cómoda e minuciosa.
Entre as jóias que contém no momento a BDM está a Declaração de Independência dos Estados Unidos, assim como as Constituições de numerosos países; um texto japonês do século XVI considerado a primeira impressão da história; o jornal de um estudioso veneziano que acompanhou Fernão de Magalhães na sua viagem ao redor do mundo; o original das "Fábulas" de Lafontaine, o primeiro livro publicado nas Filipinas em Espanhol e Tagalog, a Bíblia de Gutemberg, e pinturas rupestres africanas que datam de 8.000 A.C. Duas regiões do mundo estão particularmente bem representadas:  América Latina e Médio Oriente. Isso deve-se à ativa participação da Biblioteca Nacional do Brasil, à Biblioteca de Alexandria no Egito e à Universidade Rei Abdulá da Arábia Saudita. A estrutura da BDM foi decalcada do projecto de digitalização da Biblioteca do Congresso dos Estados Unidos, que começou em 1991 e atualmente contém 11 milhões de documentos. Os seus responsáveis afirmam que a BDM está sobretudo destinada a investigadores, professores e alunos. Mas a importância que reveste esse sítio vai muito além da incitação ao estudo das novas gerações que vivem num mundo audio-visual.

Biblioteca Municipal Baptista Caetano d'Almeida

http://www.dibib.ufsj.edu.br/bibliotecapublicasjdr/historico.html

Primeira biblioteca pública a ser inaugurada na Província de Minas Gerais

Biblioteca On-line de Ciências da Comunicação

http://www.bocc.ubi.pt/

Biblioteca Virtual sobre sistematização

http://www.alforja.or.cr/sistem/biblio.html

Disponibilização de uma série completa sobre sistematização de experiências

Bibliotecas distantes

http://rhbn.com.br/v2/home/?go=detalhe&id=2878

Navegando na internet é possível encontrar preciosidades bibliográficas pouco conhecidas. Renato Venâncio guia o leitor em um passeio por acervos longíquos.

Binot, o primeiro francês

http://rhbn.com.br/v2/home/?go=detalhe&id=2700

Os passos de Binot Paulmier de Gonneville, o primeiro francês a desembarcar em terras brasileiras, podem ser refeitos através dos diversos acervos das bibliotecas digitais.

Blog . Encontro com o Patrimônio

http://www.encontrocomopatrimonio.blogspot.com/

Espaço para trocas de informações sobre ações, projetos, notícias, cursos e palestras sobre Patrimônio e Bens Culturais.

Blog Aécio Neves

http://www.aecioblog.com:80/

Blog de Estética e Saúde

http://veja.abril.com.br/blog/estetica-saude/

None

Blog do vinho

http://veja.abril.com.br/blog/vinho/

None

Compartilhar Imprimir

ESSE PORTAL É UM PROJETO VOLUNTÁRIO. NÃO PERTENCE À PREFEITURA DE SÃO JOÃO DEL-REI.
Contribua ajudando-nos a atualizar dados, ações, leis, agenda cultural etc. Todos os créditos serão registrados.