São João del-Rei | Tiradentes | Ouro Preto
Transparentes

ser nobre é ter identidade

Melhores Práticas

Memorial a Tiradentes na Fazenda do Pombal: projeto de Oscar Niemeyer

Descrição

Palestras sobre Oscar Niemeyer, Ferreira Gular e Abelardo da Hora
Oscar Niemeyer, Sócio Correspondente da Academia de Letras de São João del-Rei . Francisco Braga
Memorial da Liberdade . Wainer Ávila

Memorial Tiradentes: Academia de Letras pede atenção de Anastasia

O presidente da Academia de Letras de São João del-Rei, Wainer de Carvalho Ávila, encaminhou nesta semana ao atual governador de Minas, Antônio Anastasia, correspondência solicitando sua atenção aos aspectos relativos ao "Projeto Memorial Tiradentes": Excelentíssimo Senhor Governador Antônio Augusto Anastasia. Palácio da Liberdade. A Academia de Letras de São João del-Rei vem à presença de V. Exa. certa de seu êxito eleitoral e com o elevado objetivo de, após breves esclarecimentos, solicitar sua especial atenção para fato histórico que engrandecerá nossa cidade no cenário cívico mineiro sob o competente governo de V. Exa. Joaquim José da Silva Xavier, o Tiradentes, nasceu em solo são-joanense e foi batizado no local denominado “Fazenda do Pombal”, no dia 12 de novembro de 1746. É, portanto, este documento religioso o único a dar notícia da origem do grande inconfidente e o dia 12 de novembro a primeira e única data referente a seu nascimento. Desta forma, com apoio de outras instituições, a exemplo de Câmara de Vereadores, Associação Comercial e Industrial, Instituto Histórico, ingressamos no Judiciário com processo civil para obtermos o Registro Civil ainda que Tardio do Alferes Tiradentes, feito que tramita no Tribunal de Justiça. A referida propriedade rural, nas adjacências de nossa cidade e pertencente ao município de Ritápolis, com 90 há de florestas preservadas e belíssimas ruínas da casa onde nasceu o herói, está em abandono quase total pelos órgãos de preservação histórica do Estado, funcionando apenas escritório do Ibama. Nossa Academia conseguiu do arquiteto Oscar Niemeyer projeto para construção de MEMORIAL DA LIBERDADE no lugar, projeto que desejamos que V.Exa. conheça e avalie a grandiosidade da obra cívica e moral de nosso Estado. Por outro lado tramita na Assembléia Legislativa projeto de lei do Senhor Deputado Domingos Sávio sobre estabelecimento do dia 12 de novembro como Dia da Liberdade a ser comemorado festivamente aqui, no qual o referido parlamentar sensibilizou-se com o preito são-joanense. Referido projeto, que tem o nº. 1177/2007, está apto a ser posto em pauta de votação há mais de dois anos. Informo que os Poderes Legislativo e Executivo do Rio de Janeiro estabeleceram recentemente o dia 12 de novembro como Dia da Liberdade naquele Estado, adiantando-se em iniciativa patriótica ao que competiria a nosso Estado fazer,visto ser berço d o líder da Inconfidência. Desta forma, ciente de seu altíssimo sentimento de civismo, a Academia de São João del-Rei pede vênia para pedir sua importante ação no sentido de termos a data magna mencionada e analisar, à vista do projeto de Niemeyer que enviaremos como sua assessoria julgar mais conveniente, o valor do Memorial da Liberdade na Fazenda do Pombal do Rio Abaixo como símbolo do sentimento patriótico mineiro, onde certamente haverá peregrinação nacional em homenagem ao Alferes Tiradentes. Na certeza de merecer a sempre decantada atenção do ilustre Governador mineiro, em cuja campanha nos engajamos com prazer, subscreve, por seu presidente, a Academia de Letras de São João del Rei. São João del -Rei, 07 de maio de 2010. Wainer de Carvalho Ávila.

Fonte: Tribuna Sanjoanense . 11 a 17 de maio de 2010

Símbolo da liberdade nacional, o inconfidente Joaquim José da Silva Xavier, o Tiradentes, será homenageado com um memorial a ser construído na Fazenda do Pombal, local onde nasceu.

Para o juiz Auro Maia de Andrade, estudioso e grande admirador de Tiradentes, nada melhor para representar esse monumento do que asas. E é essa a ideia que se visualiza no projeto arquitetônico idealizado por Oscar Niemeyer e entregue, na semana passada, aos envolvidos no projeto: a Academia de Letras de São João del-Rei, a Academia de Letras Jurídicas de São João del-Rei e Tiradentes, a Fundação Oscar Araripe, a Fundação Oscar Niemeyer, o Instituto Histórico e Geográfico de São João del-Rei, entre outras.
De acordo com Oscar Araripe, um dos idealizadores, com o projeto em mãos o próximo passo é buscar recursos para a sua concretização. "Queremos fazer viver a Fazenda do Pombal e celebrar o nascimento de Tiradentes com esse monumento", afirmou.
Os mentores da iniciativa também criaram o Instituto da Liberdade Alferes Joaquim José da Silva Xavier para gerir o monumento. "O instituto é uma sociedade civil sem fins lucrativos e tem, entre seus objetivos, o estudo, a discussão e a reflexão da liberdade; o aperfeiçoamento e a difusão do sentimento cívico brasileiro da pesquisa e do ensino", afirmou José de Carvalho Teixeira, integrante da Academia de Letras de São João del-Rei.
Teixeira lembra que a intenção do grupo é mostrar o local de nascimento do maior herói brasileiro. "Será um monumento de representatividade nacional. Por isso, queremos desenvolvê-lo a nível federal com o apoio de todos", disse.
Oscar Araripe afirmou que, além da parte da construção do monumento, Niemeyer também elaborou um projeto paisagístico. "O arquiteto pensou em um projeto paisagístico para compor com as ruínas que existem na Fazenda do Pombal. É um projeto singelo e de grandiosa beleza", concluiu.
O monumento, de singela grandiosa beleza, com 70 metros de asa a asa e 30 metros de profundidade, tem as cores verde e amarela e foi criado para homenagear o grande herói brasileiro no lugar onde nasceu e foi batizado e terá além de um auditório, galeria de exposições e outras dependências, e uma frase do Alferes será inscrita no mural que encima a bela rampa da entrada.
Wainer Ávila, presidente da Academia de Letras de São João Del Rei, outro idealizador do memorial disse que com a construção do monumento, o Brasil estará saldando uma grande dívida para com o mártir, pois o solo cívico onde nasceu passará a ser cultuado com a nossa arte, cultura e história.

Fonte: Fundação Oscar Araripe

Para mais informações/imagens sobre este tema, utilize o SISTEMA DE BUSCA de nosso portal 
Colabore com este Portal compartilhando suas fotos, documentos e ação/projeto cultural.
Registraremos esta colaboração e todos os créditos.  Envie por favor para o nosso
contato

Cadastre lideranças engajadas, sua ação sociocultural, seu projeto, produto, entidade, pesquisa, agenda cultural etc - contribua, complemente, ajude a atualizar, curta e compartilhe!

Compartilhar no Facebook Compartilhar no Instagram Imprimir

ESSE PORTAL É UM PROJETO VOLUNTÁRIO. NÃO PERTENCE À PREFEITURA MUNICIPAL | CADASTRE GRATUITAMENTE A SUA AÇÃO SÓCIOCULTURAL