Organização

Associação Afrobrasileira Casa do Tesouro - EGBE ILE OMIDEWA ASE IGBOLAYO

Endereço
Rua Vereador Vicente Cantelmo, 875 - Bairro Guarda-Mór  
Telefone
32 3373 1619  
Email
tesouro@yahoo.com.br  
Website
http://www.pontodememoria-batuques.com/ . www.casadotesouro.blogspot.com  
Atividades/Serviços
atividades religiosas de Candomblé e Jurema Sagrada com atendimento ao publico e atividades culturais e artísticas derivadas das expressoes da cultura afrobrasileira, principalmente´para crianças e jovens.

No site www.pontodememoria-batuques.com contem informações e imagens originadas através das atividades desenvolvidas no Projeto Ponto de Memória Batuques, patrocinado pelo Instituto Brasileiro de Museus e realizada na cidade de São João del Rei - MG em 2014  
Passo a passo para o cidadão ter acesso às atividades ou serviços
O contato poderá ser realizado através do telefone ou e-mail. Porem, todas as 2a feiras fazemos atentimento ao publico, a partir das 18 horas e aos sabados, nos reunimos para estudos e ensaios. Toda a programação de celebrações e rituais, diculgamos através de e-mail, os interessados podem se cadastrar.  
Parceiros
como terreiro de matriz africana, somos afiliados e parceiros do EGBE ILE IYA OMIDAYE ASE OBALAYO, situado em São Gonçalo no Rio de Janeiro que, por sua vez é afiliado ao terreiro do Gantois em Salvador. Nas atividades culturais, temos sempre a parceria da SEcretaria Muncipal de Cultura e Turismo de São João del Rei e da Universidade Federal de São João del Rei.  
Data de início das atividades
Abril de 2005  
Tipo de sustentabilidade econômica
Nas atividades religiosas, nos mantemos através de doações e mensalidades dos sócios e na area cultural, já fomos apoiados pela FUNARTE, MinC e pelo FUNDA ESTADUAL DE CULTURA DE MG.  
Número e perfil dos membros
No quadro de sócios/ filhos de santos temos em torno de 15 membros, pessoas da comunidade de São João del Rei, alguns professores, estudantes universitarios, pedreiros, etc. Temos apoiadores no Rio de Janeiro, nos EEUU e na França.  
Agenda Cultural
Celebrações anuais aos orixás Ogum, Oxossi, Xango, Obaluaê, Ibeji e Oxum. Também festejamos Maria Padilha, Pretos Velhos e festa na mata para os Caboclos. Continuamente, oferecemos atividades de percussão, danças afrobrasileiras e capoeira.  
Principais problemas/dificuldades da área atuante
Dificuldades maiores na parte financeira para manter as atividades, não só culturais com religiosas. A falta de espaço também nos impede de ampliar as atividades culturais.  
Publicações
FALA TERREIRO! As influencias das comunidades tradicionais de terrerios nas manifestações populares de São João del Rei e Tiradentes - patrocinado pela FUNARTE.  
Ações
CELEBRAÇÕES DE MATRIA AFRICANA COMO INTERCAMBIO CULTURAL ENTRE TERREIROS DE SÃO GONÇALO - RJ E SÃO JOÃO DEL REI - MG  
Responsável pelo órgão/cargo
Celina Batalha  
Representante para contatos
Adriana Assis  
Propostas e sugestões para o desenvolvimento turístico da cidade
Organização dos grupos de cultura popular  e apoio para a manutenção e realização de suas atividades.

Mais informações

Projeto visa resgatar cultura afrobrasileira
Por Gazeta de São João del-Rei em 21/06/2014

Em São João del-Rei, terreiro de Candomblé se transforma em um ponto de memória e resgata a cultura afrobrasileira. Isso porque, com o intuito de driblar o preconceito por meio de oficinas e outras atividades, a Associação Afrobrasileira Casa do Tesouro promove o Projeto Batuques, aprovado pelo Instituto Brasileiro de Museus (Ibram). Segundo a presidente da entidade, Celina Batalha, a associação irá sediar atividades embaladas por diversas manifestações culturais. Tudo isso voltado para diferentes faixas da comunidade.

Alunos observam, pelo computador, passos de dança afro 

“Estão sendo oferecidas atividades de dança que incorporam diversos ritmos, como jumbo e samba”, explicou Celina. Segundo ela, a oficina Dança e Ritmos Afrobrasileiros é ministrada sempre às quartas-feiras, das 18h às 19h40, no campus Dom Bosco da Universidade Federal de São João del-Rei. Já a Dança e Mitologia dos Orixás acontece aos sábados das 14h às 16h30 na sede da Casa do Tesouro.
Em julho, a iniciativa chegará a instituições de ensino do município. A partir do dia 19 do próximo mês, a percussão será ensinada no Conservatório Estadual de Música Padre José Maria Xavier, aos sábados às 13h30. A Escola Estadual Cônego Osvaldo Lustosa, abrigará duas oficinas. A primeira, Teatro e Contos Afrobrasileiros terá início no dia 14 de julho. Já a partir de 5 de agosto, às 16h, alunos também poderão aprender a capoeira.
A vice-presidente contou que também serão ofertadas ações direcionadas à terceira idade. “Teremos oficina de canto, MPB e orixás a partir do dia 27 de julho. As aulas vão acontecer aos sábados, às15h”, explicou, destacando que as inscrições das oficinas são gratuitas e podem ser realizadas no local.

Casa do Tesouro
Segundo Celina, a associação Casa do Tesouro é uma entidade que foi criada para manter as atividades de um terreiro de Candomblé, chamado Egde Ile Omidewa Ase Igbolayo, que propõe para a sociedade atividades  ligadas à cultura afrobrasileira e indígena. “Dentro do terreiro fazemos celebrações de candomblé, iniciação, atendimento na parte de umbanda. Também prestamos caridade”, explicou a vice-presidente.
E as ações da associação não param por aí. “Futuramente estaremos com o projeto Afromemórias, que será patrocinado pela Fundação Palmares e vai cuidar da preservação de aspectos da cultura afrobrasileira”, adiantou Celina.

 
Público alvo para comunicação de atividades da entidade
Comunidade em geral.  
Data da coleta dos dados
19 de Junho de 2013  
Responsável pelas informações
Celina Batalha  

O conteúdo desse portal pode ser reproduzido, desde que citadas as fontes e os créditos.

www.saojoaodelreitransparente.com.br . Projeto, pesquisa, organização e concepção: Alzira Agostini Haddad . Todos os direitos reservados