São João del Rei Transparente

Agenda Cultural

Troca da Cruz do Carteiro . Serra de São José

Data

01/05/2010

Hora

9h

Cidade

SJDR

Local

Matriz de Santo Antonio

Descrição

No dia 1º de Maio de 2010, saindo de frente a Matriz de Santo Antonio, às 9 h, faremos uma caminhada à Serra de São José para a troca da Cruz do Carteiro.
A organização é do Instituto Histórico e Geográfico de Tiradentes e Oficina de Teatro Entre & Vista. Este evento integra o movimento pelo tombamento federal da Serra de São José.
Ajude-nos a divulgar. Paticipe!



Mais informações: 032 3355 1386
___

Cruz do carteiro na serra S. José será trocada

Depositar pedras sob a cruz é tradição mantida pelos visitantes

Depositar pedras sob a cruz é tradição mantida pelos visitantes

Moradores dos cinco municípios que circundam a serra de São José, Tiradentes, Prados, Coronel Xavier Chaves, Santa Cruz de Minas e São João del-Rei, se reunirão amanhã, 1° de maio, para a troca da cruz do carteiro. O ponto de encontro é a igreja matriz de Santo Antônio, em Tiradentes, de onde os participantes deverão partir, às 9h, rumo à serra.
De acordo com um dos integrantes do Instituto Histórico e Geográfico (IHG) de Tiradentes, Luiz Antônio da Cruz, o evento ainda vai integrar as ações em prol do tombamento da serra pelo Instituto do Patrimônio Histórico e Artístico Nacional (Iphan). “Por estar exposta ao sol e a chuva, a cruz precisa ser periodicamente trocada. O IHG é quem realiza essa ação de tempos em tempos. Desta vez, aproveitamos a questão do tombamento, em processo de finalização, e convidamos os moradores das cinco cidades para participarem da troca”, explicou.
A cruz que substituirá a antiga foi feita por outro integrante do IHG, Rogério Paiva, em madeira de paraju, que é mais resistente às variações climáticas. Ainda segundo Cruz, os participantes seguirão em caminhada em um percurso que prevê uma parada no Largo das Forras para apresentação preparada pelos integrantes da oficina de teatro Entre & Vista, que devem realizar uma abordagem sobre o meio ambiente. “Queremos ressaltar a serra como um patrimônio cultural e ambiental. Em outras trocas realizamos leituras de poemas, desta vez o grupo teatral vai dar uma contribuição importante no que diz respeito à preservação do meio ambiente”, adiantou.
Segundo a tradição, o local onde fora erguida a cruz do carteiro teria sido cenário do assassinato de um viajante que levava uma correspondência importante. O ponto, uma das referências mais famosas da Serra de São José, ainda tornou-se conhecido pelo monte de pedras no qual, manda a lenda, cada visitante ou turista que passar pelo caminho deve atirar mais uma.

Tombamento
“O IHG começou um movimento em defesa do reconhecimento da serra enquanto patrimônio cultural e ambiental de Tiradentes e região no ano de 1979. Nossa expectativa é de que o processo seja concluído ainda este ano”, revelou Luiz Antônio Cruz, que também é o coordenador geral da campanha de tombamento da serra de São José.
A chefe do escritório técnico do Iphan em Tiradentes, Maria Cristina Seabra de Miranda, anunciou que a fase atual é de conclusão, na qual será elaborado o parecer final para a apreciação do Conselho Consultivo do Iphan, responsável pela avaliação do pedido de tombamento. “Vale ressaltar sua importância enquanto paisagem cultural, enquanto moldura do conjunto arquitetônico e urbanístico tombado de Tiradentes e entorno dos bens tombados de Prados e Bichinho”, afirmou Maria Cristina avaliando que a proteção federal da Serra de São José configura-se como mais um instrumento de proteção do bem natural.
A biodiversidade da serra de São José já resultou na criação de três unidades de conservação administradas pelo Instituto de Estadual de Florestas: Área de Proteção Especial, Área de Proteção Ambiental e Refúgio de Vida Silvestre. “Além de ser protegida como área de preservação ambiental pelo Estado de Minas Gerais, o tombamento Federal irá conferir à serra importância como monumento natural nacional, a exemplo da Serra do Caraça em Minas Gerais, da Floresta da Tijuca, do Pão de Açúcar, e do Corcovado no Rio de Janeiro”, destacou Maria Cristina.

Mais informações:
Serra de São José, Monumento Natural Nacional


Fonte: Gazeta de São João del-Rei . 30/04/2010
Compartilhar Imprimir

ESSE PORTAL É UM PROJETO VOLUNTÁRIO. NÃO PERTENCE À PREFEITURA DE SÃO JOÃO DEL-REI.
Contribua ajudando-nos a atualizar dados, ações, leis, agenda cultural etc. Todos os créditos serão registrados.