Publicações

Artigos / Cartilhas / Livros / Teses e Monografias / Personagens Urbanos / Diversos /

Sujismundo ainda mora em São João . Por Musse João Hallak *

Criado para uma campanha educativa do Governo Federal intitulada Povo Desenvolvido é Povo Limpo, incentivava a limpeza e a higiene nas cidades.
Já foi enfoque deste Jornal por várias vezes a questão da limpeza de nossa cidade. Melhorou, mas ainda temos que continuar melhorando. Logicamente o povo tem que fazer sua parte, o que aliás, não vem fazendo, carecendo de nova campanha nacional do personagem Sujismundo.

Exemplo nítido e patente é o resultado das nossas matas ciliares do Rio das Mortes após uma enchente, parecendo mais com uma árvore de natal enfeitada de plásticos. Dê um passeio na Ponte do Bezerrão e comprove! Que degradação! Que imagem deplorável! Resultado do mau hábito de jogar lixo na rua e, quando vem a enxurrada quem paga os pares é o nosso Rio das Mortes. Mas, também a administração pública tem que procurar mecanismo mais ágeis e eficientes na limpeza pública, notadamente nas coletas do lixo em toda a cidade. Frise-se, nas coletas, mais cedo e mais rápidas!

Tenho uma pousada em César de Pina e é muito comum ouvir de meus hospedes que gostaram do centro histórico de São João del-Rei, no entanto, o que chamou muita atenção foi o lixo pelas ruas. Já houve quem dissesse que no passeio da Maria Fumaça o que mais impressionou foi vislumbrar lixo na beira da estrada, inclusive, vaso sanitário quebrado e ali jogado.

É de se reconhecer que a Prefeitura vem tentando acertar. Recolhem os lixos da cidade diariamente e tentam manter as ruas limpas. Entretanto, o que denota é que não está havendo uma certa velocidade ou número de caminhões coletores suficientes. Já vi e inclusive registrei com máquina digital, às 11h30, uma das ruas do Centro Histórico em que os lixos ainda estavam por serem recolhidos.

E, o que é pior, um quadro que, garanto, Picasso não gostaria de colocar na sua tela: sacos de lixo nas portas das casas. Que cena deprimente! Unicamente por falta de lixeiras nas ruas de toda a cidade. Que sejam colocadas pelo Município em todas as ruas da cidade lixeiras nas calçadas de tanto em tantos metros, para não permanecermos em mais um lixo, a poluição visual, ou seja, de termos que estar vendo lixos nas portas das residências! Se não, Sujismundo agradece em continuar residindo em São João!


* Musse João Hallak é advogado, aposentado, membro da Academia de Letras de São João Del Rei e do núcleo de cronista da Academia Divinopolitana de Letras

Fonte: Gazeta de São João del-Rei

Outras Informações: São João del-Rei Limpa


O conteúdo desse portal pode ser reproduzido, desde que citadas as fontes e os créditos.

www.saojoaodelreitransparente.com.br . Projeto, pesquisa, organização e concepção: Alzira Agostini Haddad . Todos os direitos reservados