Melhores Práticas - Ação

1. Cultura e Artistas de São João del-Rei e região

Programa leva professores de Inglês de escolas públicas a curso de capacitação nos Estados Unidos

Texto

Educadores interessados têm até o dia 10 de março para encaminhar documentação à Secretaria de
Educação

Professores de Inglês que lecionam em escolas da rede pública de todo o país podem ter a oportunidade de participar de um curso de aperfeiçoamento nos Estados Unidos, em 2013. Os interessados devem se inscrever no Programa Líderes Internacionais em Educação (International Leaders in Education Program – Ilep), para concorrer a bolsas de estudos. Esta é uma iniciativa do Departamento de Estado dos Estados Unidos com o apoio do Conselho Nacional dos Secretários de Educação (Consed).
A capacitação em técnicas de ensino da língua inglesa dura cinco meses e será realizada em uma universidade americana, de janeiro a maio do próximo ano. As inscrições são feitas através das Secretarias de Estado de Educação (SEE) de cada Unidade Federativa. Em Minas Gerais o prazo para envio da documentação vai até o dia 10 de março.
Para concorrer a uma das vagas, o educador que atua na rede pública mineira deve encaminhar para a SEE-MG, os seguintes documentos: formulário de Inscrição preenchido, assinado e carimbado pela sua escola; currículo resumido (conforme modelo no formulário de inscrição); carta de recomendação da SEE, assinada pelo diretor da escola (modelo será disponibilizado assim que liberado pelo Consed); e fotografia colorida recente.
O material deve ser enviado para o seguinte endereço: Av. Prefeito Américo Renné Gianetti, s/n - Cidade Administrativa - CEP: 31630-900; aos cuidados de Girlaine Oliveira - Superintendência de Desenvolvimento do Ensino Médio, 11º andar - Prédio Minas. Mais informações: (31) 3915-3516. Minas Gerais poderá escolher até cinco candidatos para a fase nacional da seleção. Confira aqui o cronograma do Ilep.

Pré-requisitos
Além de ser professor de Inglês na rede pública de ensino, o candidato deve obedecer a critérios como: estar trabalhando em sala de aula atualmente; possuir, no mínimo, bacharelado ou licenciatura em Inglês; ter, no mínimo, cinco anos de experiência comprovada em sala de aula; demonstrar compromisso de continuar lecionando após a participação no programa.
Os selecionados participarão de um curso de aperfeiçoamento, com aulas e treinamento intensivo sobre metodologias e estratégias de ensino, planejamento de aula, liderança e uso de tecnologia em educação, e ainda terão a oportunidade de fazer um estágio supervisionado em uma escola de ensino médio dos Estados Unidos.

Mineiros selecionados
O mineiro Carlos Henrique Borim Martins foi um dos selecionados na última edição do Programa Líderes Internacionais em Educação. Ele é professor do ensino médio na Escola Estadual José Severiano Filho, em São João Batista da Glória, Sul do Estado. Além dele, cinco educadores de outros estados integram a equipe brasileira que fará o curso até maio de 2012. Em todo o mundo, foram selecionados 64 professores de 16 países.
Em 2011, duas professoras da rede estadual também participaram do programa: Rita de Cássia, da Escola Estadual David  Campista, em Poços de Caldas, e Cristina Correa Monteiro, da Escola Estadual Professor João Fernandino Júnior, em Sete Lagoas. Elas fizeram a capacitação na James Madison University, em Harrisonburg, no estado da Virginia.

Fonte : Agência Minas,  9 de fevereiro de 2012.

Mais informaçôes :
AÇÕES DO GOVERNO DO ESTADO DE MINAS GERAIS . BRASIL/GLOBAL . Gestão Aécio Neves/Anastasia

 

 

www.saojoaodelreitransparente.com.br . Projeto e coordenação: Alzira Agostini Haddad . Todos os direitos reservados