São João del Rei Transparente

Melhores Práticas

Indústria mineira cresce

Descrição

Minas foi o estado que teve o maior crescimento na participação do PIB nacional, entre 2002 e 2010, revela IBGE 

Governador Anastasia destaca Choque de Gestão e confiança de investidores no Estado
Minas Gerais foi o estado que obteve o maior crescimento na participação Produto Interno Bruto (PIB) nacional no período 2002 a 2010. Enquanto em 2002 o Estado respondia por 8,6% do PIB brasileiro, totalizando R$ 127,8 bilhões, em 2010 a participação subiu para 9,3%, chegando a R$ 351,4 bilhões.
Com este resultado – um aumento de 0,7 pontos percentuais - Minas Gerais reduziu em 50% a diferença para o Rio de Janeiro, segundo colocado no ranking nacional. A diferença entre os dois estados, que antes era de 03 pontos percentuais, caiu para 1,5 pontos percentuais.
O levantamento foi divulgado nesta sexta-feira pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE). As informações fazem parte da revisão que o IBGE está fazendo no Sistema de Contas Nacionais trabalho implementado com a participação do Centro de Estatística e Informações (CEI) da Fundação João Pinheiro, sediada em Minas Gerais.
“Os números divulgados pelo IBGE comprovam a seriedade da administração pública mineira e a confiança dos investidores no novo modelo de gerenciamento das contas públicas, que chamamos Choque de Gestão. Este novo modelo gerou um ambiente muito propício para a atração de novos negócios para o Estado, o que permitiu que recebêssemos investimentos recordes ao longo dos últimos dez anos. Os dados também refletem a capacidade de resposta dos diversos setores econômicos do Estado”, afirmo o governador Antonio Anastasia.
O governador ressalta que os números apresentados pelo IBGE mostram uma situação conjuntural, de um período em que o mundo vivia um momento diferente. “A crise internacional refletiu na economia de todo o mundo, e a de Minas não poderia ser uma exceção”, explica.
De acordo com a pesquisa, na região Sudeste, além de Minas Gerais, entre 2002 e 2010 o Espírito Santo obteve 0,4 pontos percentuais de crescimento do PIB. Por outro lado, São Paulo e Rio de Janeiro contabilizaram redução de 1,5 e 0,8 pontos percentuais, respectivamente. Segundo o IBGE, Minas Gerais e Espírito Santo ganharam participação no Produto Interno Bruto em função da commodity mineral.
Em 2010, oito estados concentravam 77,8% da geração do Produto Interno Bruto Brasileiro, sendo que Minas Gerais ocupa a terceira colocação no ranking nacional. Os dois primeiros lugares são ocupados por São Paulo (33,1%) e Rio de Janeiro com (10,8%).

Fonte: Agência Minas


***

Indústria mineira cresceu mais que a média nacional em 2010

A indústria de Minas Gerais cresceu mais que a média nacional em 2010, levando em conta o desempenho de janeiro a novembro, período em que houve um crescimento de 15,8% na produção industrial no Estado. O resultado é superior ao verificado na média do país, cujo percentual foi de 11,1%. Há 13 meses consecutivos a indústria de Minas Gerais vem crescendo, em franca recuperação da crise econômica internacional. Os dados foram divulgados nesta terça-feira (11), pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE).
Para a secretária de Estado de Desenvolvimento Econômico, Dorothea Werneck, os números do IBGE confirmam a expansão da economia do Estado, que também tem se destacado no aumento da geração de empregos e volume de exportações.
“Essa posição no ranking nacional mostra que Minas Gerais está cumprindo a meta proposta pelo governador Antonio Anastasia de crescer acima da média nacional. O desempenho é bastante favorável, demonstra a força da economia. O ritmo mais acentuado de Minas Gerais é resultado dos investimentos em infraestrutura, que continuarão a ter prioridade”, disse Dorothea Werneck.
Os segmentos da indústria mineira que mais cresceram foram os de máquinas e equipamentos (65,3%), metalurgia básica (30,4%) e indústrias extrativas (33%). Em termos de produtos, os destaques nesses ramos foram: ferronióbio, chapas grossas de aços ao carbono e lingotes, blocos e tarugos de aços ao carbono e de aços especiais; minérios de ferro; e escavadeiras e motoniveladores.

Fonte e Matéria com gráfico:
http://www.agenciaminas.mg.gov.br/noticias/economia-desenvolvimento/33807-dorothea-werneck-comenta-crescimento-da-industria-de-minas-gerais-dorothea-werneck-comenta-crescimento-da-industria-de-minas-gerais

Para mais informações/imagens sobre este tema, utilize o SISTEMA DE BUSCA de nosso portal  
Colabore com este Portal compartilhando suas fotos, documentos e ação/projeto cultural.
Registraremos esta colaboração e todos os créditos.  Envie por favor para o nosso contato

Compartilhar Imprimir

ESSE PORTAL É UM PROJETO VOLUNTÁRIO. NÃO PERTENCE À PREFEITURA DE SÃO JOÃO DEL-REI.
Contribua ajudando-nos a atualizar dados, ações, leis, agenda cultural etc. Todos os créditos serão registrados.