São João del-Rei | Tiradentes | Ouro Preto
Transparentes

ser nobre é ter identidade

Melhores Práticas

Prêmio Excelência em Gestão Pública

Descrição

Mais informações
Primeiro Dicionário de Políticas Públicas da América Latina
Lei 15.011 sobre a responsabilidade social na Gestão Pública Estadual
Gestão pública, Mecanismos e Ferramentas Democráticas . Serviços/Global
Gestão Pública, Mecanismo e Ferramentas Democráticas . Serviços/Local

8ª edição do Prêmio Excelência em Gestão Pública
Minas investe na valorização de ideias que tornam eficiente o serviço público no Estado

Servidores com melhores projetos foram contemplados pelo Prêmio Excelência em Gestão Pública, que destacou as iniciativas inovadoras para melhorar prestação de serviços.
Os melhores projetos desenvolvidos por servidores estaduais para contribuir com a inovação e melhoria do serviço público em Minas foram premiados nesta terça-feira (12/11), em Belo Horizonte, com a entrega da 8ª edição do Prêmio Excelência em Gestão Pública. Criado em 2005, o prêmio, entregue no Palácio Tiradentes, é uma importante ferramenta de reconhecimento de iniciativas e uma oportunidade, segundo o governador Antonio Anastasia, de estímulo a novas ideias em gestão. Desde a sua criação, o concurso já premiou mais de 80 projetos.

“Aos vencedores e aos participantes, só peço sempre que continuem tendo ideias, porque é disso que se alimenta o serviço público. Eu não canso de reafirmar que a administração pública não é e não pode ser estática, ela tem de ser dinâmica. Ela tem de se reinventar a casa momento. A administração, por sua característica, pela sua rapidez e pelas demandas da sociedade, que são cada vez mais exigentes, não pode se quedar inerte e paralisada. Ao contrário, ela tem de ser mais empreendedora ainda do que a própria sociedade e, por isso, esse prêmio estimulando muito os nossos servidores, que representam o valor maior dos mineiros, que é nosso capital humano, e que isso possa se traduzir em projetos, em ações e programas positivos”, destacou Anastasia.

Ao todo, foram premiados dez projetos (ver relação abaixo) de diferentes órgãos, empresas e autarquias do Governo de Minas, em diversas áreas temáticas, como gestão da informação e comunicação, sustentabilidade, simplificação de processos, gestão orçamentária e financeira; governança social; gestão de materiais e serviços, logística e patrimônio e responsabilização e transparência, entre outros. O concurso é subdivido em duas categorias: Servidor, composta por em três modalidades e Estagiário, com modalidade única. Outros projetos que se destacaram receberam uma placa de menção honrosa.
Os recursos para pagamento dos prêmios são oriundos, exclusivamente, do Banco de Desenvolvimento de Minas Gerais (BDMG) e somam R$ 43.500,00. Os três primeiros lugares de cada uma destas modalidades foram premiados com R$ R$ 8 mil, R$ R$ 4 mil e R$ 2 mil, respectivamente. Estagiários concorreram na modalidade “Experiências e ideias inovadoras implementáveis”, que ofereceu prêmio de R$ 1.500 para o primeiro lugar. 
Ao representar todos os agraciados com o prêmio, a servidora da Secretaria de Estado de Planejamento e Gestão, Íria Pereira de Melo, ressaltou a importância da iniciativa não apenas para a melhoria do serviço interno, mas, sobretudo, ao cidadão mineiro, o principal beneficiado com as boas práticas.

“Quando a gente pensa em gestão de pessoas, obviamente é pensando nos resultados para a população. A gente percebe essa possibilidade e o servidor público é, de fato, valorizado e fomentado a desenvolver boas ações para a sociedade como um todo. Então, quero agradecer ao governador por abraçar essa ideia, por ser um dos únicos governadores do país que fomenta boas práticas com o Terceiro Setor. É a sociedade civil atuando junto com o poder público para melhorias em prol da sociedade”, disse a agraciada, que ficou em terceiro lugar com o trabalho “Programa para o Desenvolvimento Gerencial do Terceiro Setor Minas + Parceria”. 

Edição 2013

Este ano, foram registradas 249 inscrições, via sistema próprio, montante 53,7% superior ao do ano passado, quando foram protocoladas 162. Dos trabalhos inscritos, 139 foram entregues efetivamente, entre servidores e estagiários, e destes, 108 foram encaminhados para avaliação da comissão julgadora por atenderem os requisitos especificados no edital. Esse número é 50% maior que o registrado em 2012, quando o concurso analisou 72 trabalhos concorrentes. 
A comissão de avaliação do prêmio, formada por seis especialistas em administração pública, tanto do Governo de Minas quanto de outras instituições, analisou critérios como inovação, relevância do tema, qualidade técnica, viabilidade de implantação, relevância dos benefícios gerados e relação custo/benefício.
Para a secretária de Estado de Planejamento e Gestão, Renata Vilhena, o Prêmio de Excelência é uma forma de incentivar os servidores públicos a solucionarem problemas que são vividos no cotidiano da administração pública, ou algo ainda inédito, que pode a vir trazer melhores resultados.

“O que entendemos é que ninguém melhor do que quem está no dia a dia, que são os próprios servidores, que conhecem profundamente os problemas, para também proporem soluções. Então, o prêmio vem no sentido de fomentar, para que essas pessoas apresentem essas ideias, essas soluções, que compartilhem, criando esse ambiente motivador junto aos servidores, um ambiente de reconhecimento, mas, mais do que tudo, um ambiente mesmo de inovação, de fazer com que aquelas boas práticas cada vez prosperem mais”, afirmou Renata Vilhena.

Também estiveram presentes à cerimônia os secretários de Estado Ana Lúcia Gazzola (Educação), Gil Pereira (Desenvolvimento dos Vales do Jequitinhonha, Mucuri e Norte de Minas), o procurador-geral de Justiça adjunto Institucional, Waldemar Antônio Arimatéria; o diretor superintendente do BDMG, Iran Almeida Pordeus, e a defensora pública geral de Minas Gerais, Andrea Garzon. 

Ideias inovadoras

Ao longo das sete edições já realizadas, foram premiados projetos que confirmam a diversidade das ideias apresentadas. Muitas delas estão sendo colocadas em prática, como é o caso do projeto “Universidade Corporativa do Sistema Prisional”, de autoria de servidores da Secretaria de Estado de Defesa  Social (Seds) e premiado em 2012. Ele prevê o acesso de detentos e profissionais das unidades prisionais a cursos online, por meio de um portal corporativo.
O projeto “Adequação Socioeconômica e Ambiental das Propriedades Rurais”,  de servidores da Emater, Epamig e Secretaria de Estado de Agricultura, Pecuária e Abastecimento (Seapa), também foi premiado em 2012. A iniciativa tem o objetivo de orientar produtores para a adequação de suas propriedades, de modo a manter o equilíbrio entre a rentabilidade financeira de sua atividade, com respeito à legislação ambiental e à adoção de práticas ambientais sustentáveis.
Também ganharam reconhecimento e estão sendo colocados em prática o posto de coleta de sangue, idealizado por funcionários da Fundação Hemominas e que será implantado no Shopping Estação BH, e a criação do Sistema de Controle de Teto Financeiro (Siscotef). De autoria de servidores da Secretaria de Estado da Saúde (SES), o Siscotef possibilita o controle mensal dos pagamentos realizados pelo Sistema Único de Saúde (SUS) aos municípios, com base nos atendimentos realizados nas redes hospitalar e ambulatorial.
Menção honrosa em 2011, o projeto “Cálculo de Benefícios”, de autoria de servidor da Superintendência Regional de Ensino (SRE) de São João del-Rei,  desenvolveu uma planilha, por meio da qual é possível calcular uma série de benefícios de servidores públicos, como biênios, quinquênios, férias-prêmio e aposentadoria, substituindo o processo anterior que era feito manualmente. 

Vencedores 

Categoria: Servidor
Modalidade: Experiências e Iniciativas de Sucesso Realizadas com Auxílio Técnico/Financeiro.

1º lugar: Sustentabilidade na Gestão dos Resíduos: Uma Solução inovadora para a Prestação, via PPP, dos Serviços de Transbordo, Tratamento e Disposição Final dos Resíduos Sólidos Urbanos na RMBH e Colar.
Equipe: Maria Antônia Vieira Martins Starling, Cesar Augusto Caldas Junior, Kelly Cristina Silva, Charliston Marques Moreira, Camila do Couto Seixas, Thiago Ferreira Almeida, Ayala Aparecida Souza Fonseca.
Órgão: AGÊNCIA DE DESENVOLVIMENTO DA REGIÃO METROPOLITANA DE BELO HORIZONTE 

2º lugar: Prospecção com Ação
Equipe: Hilda Maria Silveira Mesquita Zschaber, Silvana Cerqueira Caldas
Órgão: FUNDAÇÃO HOSPITALAR DO ESTADO DE MINAS GERAIS

3 º lugar: Programa para o Desenvolvimento Gerencial do Terceiro Setor: Minas + Parceira
Equipe: Otávio Martins Maia, Íria Pereira de Melo, Eduardo Campos Prosdocimi.
Órgão: Secretaria de Estado de Planejamento e Gestão 

Menções honrosas:
- Sistema de Informações Metropolitanas – SIM
Equipe: Frederico de Santana Tescarolo, Elisa Versiani Lustosa, Kelly Cristina Silva.
Órgão: AGÊNCIA DE DESENVOLVIMENTO DA REGIÃO METROPOLITANA DE BELO HORIZONTE

- Implementação do Novo Modelo de Abastecimento da Frota de Veículos do Estado de Minas Gerais: Experiência Exitosa de Aplicação da Metodologia de Strategic Sourcing
Equipe: Marcos Eduardo Silva Soares, Vinícius do Prado Monteiro.
Órgão: SECRETARIA DE ESTADO DE PLANEJAMENTO E GESTÃO DE MINAS GERAIS 

Categoria: Servidor
Modalidade: Experiências e Iniciativas de Sucesso Realizadas Sem Auxílio Técnico/Financeiro
1º lugar: Menores Ciclos de Vida dos Resíduos Sólidos no Ambiente Escolar : Da Ação à Educação
Equipe: Regina Crossara
Órgão: Secretaria de Estado de Educação

2º lugar: Gestão de Interfaces : A Evolução do Controle Para o Apoio à Execução
Equipe: André Almeida Reggiani, Gabriela Pinheiro Rocha, Igor Paranhos de Sá, Roberto Martinez de Lemos, Diogo de Vasconcelos Teixera.
Órgão: SECRETARIA DE ESTADO DE TRANSPORTES E OBRAS PÚBLICAS DO ESTADO DE MINAS GERAIS

3º lugar: Gestão e Monitoramento Estratégico das Unidades JUCEMG do Interior de Minas Gerais com Foco em Resultados e Excelência do Serviço Prestado
Equipe: Marina de Matos Gomes, Sabrine de Oliveira Fernandes, Ronaldo de Souza Rocha.
Órgão: JUNTA COMERCIAL DO ESTADO DE MINAS GERAIS

Menção honrosa
Núcleos de Cidadania
Equipe: Jairo Rodrigues Ribeiro.
Órgão: POLÍCIA MILITAR DE MINAS GERAIS/204ª CIA PM/40º BPM

Categoria: Servidor
Modalidade: Experiências e Ideias Inovadoras Implementáveis
1º lugar: Rede na Rede
Equipe: Carolina Santos Lages
Órgão: DEPARTAMENTO DE ESTRADAS DE RODAGEM DE MINAS GERAIS

2º lugar: Terceirização da Armazenagem e Gestão nos Almoxarifados dos Órgãos e Entidades do Poder Executivo do Estado de Minas Gerais
Equipe: Leonardo Siqueira de Moura, Henrique Breguez Gonçalves Gomes Pinto Coelho, Marcos Eduardo Silva Soares.
Órgão: SECRETARIA DE ESTADO DE PLANEJAMENTO E GESTÃO DE MINAS GERAIS

3º lugar: SAPE - Software Para o Programa Nascional de Alimentação Escolar para Aquisição dos Produtos da Agricultura Familiar
Equipe: Lucivan Gomes de Oliveira
Órgão: EMPRESA DE ASSISTÊNCIA TÉCNICA E EXTENSÃO RURAL DO ESTADO DE MINAS GERAIS 

Categoria: Estagiário
Modalidade: Experiências e Ideias Inovadoras Implementáveis

1º lugar: Alfabetização Cidadã: o Aprofundamento da Inclusão Social por Meio da Educação Popular e do Voto
Equipe: Roberta Tainah Fernandes Cordeiro
Órgão: SECRETARIA DE ESTADO DE DESENVOLVIMENTO DOS VALES DO JEQUITINHONHA, MUCURI E DO NORTE DE MINAS /INSTITUTO DE DESENVOLVIMENTO DO NORTE E NORDESTE DE MINAS GERAIS

Menções Honrosas
- Turismo e Desenvolvimento Regional: Modelos Gestores Aplicáveis ao Produto Turístico Caminho Religioso da Estrada Real
Equipe: João Maciel da Costa Estevão Durte
Órgão: SECRETARIA DE ESTADO DE TURISMO
- Planilhas Dinâmicas para Atualização de Benefícios de Pensão por Morte de Instituidores de PrefeiturasEquipe: Enock Luiz Ribeiro Junior
Órgão: INSTITUTO DE PREVIDÊNCIA DOS SERVIDORES DO ESTADO DE MINAS GERAIS

Segue link da galeria de fotos: http://www.agenciaminas.mg.gov.br/multimidia/galerias/anastasia-participa-de-entrega-do-8o-premio-excelencia-em-gestao-publica-2/


***

Prorrogado prazo para inscrições do Prêmio Excelência em Gestão Pública
As inscrições foram prorrogadas até as 18h do dia 24 de maio. As demais regras permanecem iguais

As inscrições para o 7º Prêmio Excelência em Gestão Pública foram prorrogadas até as 18h do dia 24 de maio, quinta-feira da próxima semana. O edital de adiamento do prazo final para a entrega dos trabalhos foi publicado no Minas Gerais, diário oficial do Estado, nesta quinta-feira (17).
As demais regras permanecem iguais. As inscrições devem ser feitas pela internet, no portal da Secretaria de Estado de Planejamento e Gestão (Seplag), no endereço www.planejamento.mg.gov.br. Além da ficha de inscrição, o Edital SEPLAG/SCPRH N.º 01/2012 determina o preenchimento do formulário referente ao Termo de Responsabilidade, também enviado por meio digital.
O termo de compromisso, que consta no anexo C do edital, deverá ser preenchido, impresso, assinado e entregue à coordenação do concurso, de 08h às 18h, no setor de protocolo do prédio Gerais da Cidade Administrativa, localizada na Rodovia Prefeito Américo Gianetti, s/n, ou nas agências dos Correios, em carta registrada, para o mesmo endereço. No último caso, valerá a data da postagem para contagem do prazo, ou seja, 24 de maio. As inscrições somente serão confirmadas após o envio do termo de compromisso.
Podem concorrer ao prêmio servidores que trabalham na administração direta, autárquica e fundacional do poder executivo estadual. A regra é a mesma para quem disputa na categoria estagiário, desde que estejam matriculados em cursos regulares de ensino superior.
Dúvidas ou outras informações podem ser enviadas para a coordenação do prêmio no e-mail premiogestao@planejamento.mg.gov.br.

O prêmio
O 7º Prêmio Excelência em Gestão Pública é organizado pela Subsecretaria de Gestão de Pessoas da Secretaria de Estado de Planejamento e Gestão (Seplag), e com patrocínio do Banco de Desenvolvimento de Minas Gerais (BDMG).
Os projetos vencedores de cada modalidade, na categoria servidor, concorrem a prêmios em dinheiro nos valores de R$ 8.000, R$ 4.000 e R$ 2.000 para primeiro, segundo e terceiro lugares, respectivamente, em cada uma das três modalidades. Na categoria estagiário, o primeiro lugar é premiado com a quantia de R$ 1.500.

***

Governo de Minas lança a 7ª edição do Prêmio Excelência em Gestão Pública - Premiação estimula servidores a contribuírem com a elaboração de novas idéias


Foi realizado, nesta segunda-feira (12), na Cidade Administrativa, o lançamento do 7º Prêmio Excelência em Gestão Pública. Na mesma solenidade, foi feita a premiação dos vencedores da 6ª edição, de 2011. Na cerimônia, a secretária de Estado de Planejamento e Gestão (Seplag), Renata Vilhena, destacou que, para se chegar à excelência é preciso ousar e inovar. “Todos os participantes buscaram, de forma criativa, soluções que fortalecem o governo de Minas”, enfatizou.
O Diário Oficial do Estado publica nesta terça-feira (13) o edital que regulamenta o 7º Prêmio Excelência em Gestão Pública. As inscrições, que começam em 16 de abril e terminam dia 17 de maio, devem ser feitas exclusivamente pela internet, no endereço www.planejamento.mg.gov.br.
Podem participar servidores de todo o Estado da administração direta ou estagiários, com ideias ou projetos desenvolvidos individualmente ou em grupo. A exceção é aplicada somente aos cargos de chefia máxima, como presidentes de órgãos, secretários e subsecretários.
Em 2011, o prêmio abriu espaço para que os estagiários pudessem concorrer com novas ideias em categoria única na modalidade “Experiências e ideias inovadoras implementáveis”.


O prêmio
Criado pelo Governo de Minas em 2005, o Prêmio Excelência em Gestão Pública tem como objetivo estimular a implementação de iniciativas de sucesso em gestão nas organizações do governo estadual, que contribuam efetivamente para a melhoria na prestação dos serviços.
Os três melhores trabalhos de cada uma das modalidades previstas receberam prêmio em dinheiro e ainda serão divulgados na coletânea dos vencedores, no endereço eletrônico www.planejamento.mg.gov.br. O primeiro lugar recebeu R$ 8 mil, o segundo R$ 4 mil e o terceiro R$ 2 mil. Na categoria estagiário, os trabalhos vencedores vão receber R$ 1.800, R$ 1.400 e R$ 1000 cada um.
Os trabalhos vencedores estarão postados em um site que está sendo criado pela Subsecretaria de Gestão da Estratégia Governamental (SUGES). O Prêmio Excelência em Gestão Pública é organizado pela Subsecretaria de Gestão de Pessoas, da Secretaria de Estado de Planejamento e Gestão (Seplag), sob a coordenação da Superintendência Central de Política de Recursos Humanos e parceria do BDMG.

Clique aqui e confira a lista dos projetos vencedores do 6º Prêmio de Excelência em Gestão Pública, em 2011 (Arquivo PDF)

Fonte:
Agência Minas - Notícias do Governo do Estado de Minas Gerais (12/03/2012)

*******

Inscrições para 7º Prêmio Excelência em Gestão Pública

As inscrições dos trabalhos que concorrerão ao 7º Prêmio Excelência em Gestão Pública começam nesta segunda-feira (16). Podem concorrer servidores públicos do executivo estadual, estagiários ou empregados públicos das empresas participantes (Emater, Epamig e Rádio Inconfidência), com projetos implementados ou não, desenvolvidos individualmente ou em grupo. A entrega dos projetos para inscrição poderá ser feita até 18 horas do dia 17 de maio próximo, exclusivamente via internet, por meio do site da Secretaria de Estado de Planejamento e Gestão (Seplag).
O 7º Prêmio Excelência vai pagar R$ 43,5 mil ao todo aos vencedores, com recursos do Banco de Desenvolvimento de Minas Gerais (BDMG), distribuídos conforme as regras do edital publicado em 13 de março último.
Além de atenção para não perder o prazo, os interessados em concorrer devem observar as regras do edital, uma vez que o descumprimento delas leva à desclassificação do trabalho.
Um dos itens principais do edital trata do preenchimento dos formulários que garantem a inscrição dos candidatos: ficha de inscrição, termo de responsabilidade e o termo de compromisso.

“Se o projeto apresentado à banca foi realizado por mais de um participante, todos devem assinar o termo de compromisso. Do contrário, o trabalho será eliminado”, alerta a diretora Central de Gestão do Desenvolvimento do Servidor, Maria Angélica Azevedo Gama.

Os candidatos devem ficar atentos também às regras de padronização do projeto. O título, por exemplo, deve ter o máximo de 200 caracteres, o resumo não pode ter mais do que um parágrafo (mínimo de 1.500 e máximo de 2.000 caracteres) e o objetivo central (escopo) deve ter entre 25 mil e 40 mil caracteres, considerando os espaços e as referências bibliográficas.
A validação de padrão ocorrerá por meio de um software criado exclusivamente para o prêmio. O programa analisa os trabalhos e determina quais devem seguir para a banca examinadora e quais são desclassificados porque estão fora da especificação determinada em edital.

Termo de Compromisso
A entrega do Termo de Compromisso exige atenção redobrada. O documento, que integra o Anexo C do edital, deve ser impresso, preenchido, datado, assinado e entregue na Cidade Administrativa Tancredo Neves (Rodovia Prefeito Américo Gianeti, s/n, Prédio Gerais, Setor de Protocolo, das 8 às 18 horas, até 17 de maio) ou enviado pelos Correios. No caso de postagem, deve ser por carta registrada e, para efeito de prazo, será considerada a data carimbada no envelope pela agência postal, que deve ser até 17 de maio de 2012.

Informações sobre o Prêmio:
E-mail: premiogestao@planejamento.mg.gov.br . Telefone: (31) 3915-0393

Fonte: Agência Minas - Notícias do Governo do Estado de Minas Gerais


***

Governo de Minas Gerais entrega Prêmio Excelência em Gestão Pública

A secretária de Estado de Planejamento e Gestão, Renata Vilhena, participou nesta quinta-feira (30) da cerimônia de premiação do 5º Prêmio Excelência em Gestão Pública do Estado de Minas Gerais, no auditório da Fundação João Pinheiro (FJP), em Belo Horizonte. O prêmio é uma iniciativa do Governo de Minas, em parceria com a Fundação João Pinheiro e o Banco de Desenvolvimento de Minas Gerais (BDMG) com o objetivo de estimular os servidores públicos na implementação de iniciativas de sucesso e disseminação de novos conhecimentos em gestão pública.
Em primeiro lugar os vencedores foram Fernando Ferreira Calazans, Risa de Araújo Lopes Cançado, Párcia Romani Ferreguetti, Eliane Rocha de Araújo, Rachel Romualdo Pinto Soares, servidores do Instituto de Previdência dos Servidores do Estado de Minas Gerais (Ipsemg), com o trabalho “Concessão instantânea de pensão: uma forma de conceder benefícios com celeridade e segurança, proporcionando satisfação e tranquilidade a dependentes de servidores falecidos”. O segundo lugar ficou com Wallen Alexandre Medrado, Marcelo Simão Bechelany, Frederico de Santana Tescarolo, Thiago de Pádua Machado, Flávia Lo Buono Leite, Lydia Alvarenga de Figueiredo, Maria Lúcia Nunes e Geralda Almeida Affonso, do Departamento de Estradas de Rodagem de Minas Gerais (DER/MG), com o trabalho “Sistema Integrado de Gestão da Infraestrutura Viária: Ferramenta Estratégica de Gerenciamento Financeiro-Orçamentário dos Contratos de Obras e Serviços de Engenharia Rodoviária do DER/MG”. Já os servidores da Secretaria de Estado de Desenvolvimento Regional e Política Urbana (Sedru), Felippe Ferreira de Melo, Gabriela Goulart Ferreira e Ivan Mássimo Pereira Leite, se classificaram em terceiro lugar com o trabalho “Planejamento e Desenvolvimento Regional do Alto Paraopeba”.
Outros ganhadores foram Thiago Pereira Miranda (Corpo de Bombeiros Militar de Minas Gerais) com o trabalho “Servidor qualificado e integração de esforços: economia total na prevenção”; Leonardo Allan Araújo, (Fundação Ezequiel Dias) com o trabalho “Controle Dinâmico de Estoques de Plasma Hiperimune”; Otávio Câmara de Queiroz (Secretaria de Estado de Saúde) que concorreu com o trabalho “A desafiadora tarefa de promover mudanças estruturais na gestão de atividades administrativas, através da desconstrução de práticas obsoletas e adoção de tecnologia disponível”; Raphael Sardinha Moreira de Castro (Junta Comercial do Estado de Minas Gerais) com o trabalho “A Web como Canal de Comunicação Direta entre Governo e a Sociedade no Controle Social das Metas de Desempenho Institucionais”. 
Também ganharam Daniel Westin e Antônio Eduardo Miranda (Secretaria de Estado de Esportes e da Juventude) com o trabalho “Legado Esportivo da Copa 2014 e Olimpíadas 2016- Fortalecendo o Sistema do Esporte Mineiro por Meio da Valorização da Gestão do Desporto” e Armando Gomes David, Renato Zica de Oliveira, Marcos Vinícius Cunha e Maria do Carmo Silveira Nascimento, servidores da Secretaria de Estado de Fazenda, com o trabalho “Sistema de Rastreamento Eletrônico de Medicamentos”. 

A comissão também deu menção honrosa para os trabalhos “Observatórios de custos em Saúde - O uso da Informação de Custos em Saúde como Subsídio Estratégico na Definição de Políticas e Marcos Regulatórios do Setor da saúde”, de Márcia Mascarenhas Alemão, Josiano Gomes Chaves, Maurício Roberto Teixeira da Costa, Heloísa Azevedo Drumond, Paulo Roberto Santana, Telma Braga Orsini e Osvaldo Kurschus de Oliveira, da Fundação Hospitalar do Estado de Minas Gerais (Fhemig), e “Sistema de monitoramento do Sistema Nacional de Emprego (Sine)”, de Janice Aparecida de Souza, Alexandre Magno Meireles Ferreira e Laila Matos de Oliveira, da Secretaria de Estado de Desenvolvimento Social.
De acordo com a diretora da Superintendência Central de Modernização Institucional da Secretaria de Estado de Planejamento e Gestão, Fernanda Neves, o Prêmio Excelência em Gestão Pública estimula o servidor a ter novas ideias para a melhoria da gestão pública e fomenta o compartilhamento das boas ideias que já estão funcionando. A diretora também ressalta que o prêmio está ganhando força a cada ano, com o aumento do número de inscrições e conquistou os servidores que já incluíram o evento em seu calendário.

Fonte: Agência Minas . BELO HORIZONTE (30/12/10)

***

Servidores públicos responsáveis por boas práticas de gestão são premiados e terão seus trabalhos difundidos pela administração em Minas Gerais
Aécio Neves entrega 4º Prêmio Excelência em Gestão Pública

O governador Aécio Neves entregou, no dia 21/12/09, no Palácio da Liberdade, o 4º Prêmio Excelência em Gestão Pública, uma iniciativa do Governo de Minas para estimular, reconhecer e valorizar ideias inovadoras dos servidores de Minas Gerais em temas relacionados à gestão pública.
Durante a solenidade, o governador destacou que o trabalho dos servidores públicos, de todas as regiões do Estado, é fundamental para os bons resultados que o Governo de Minas alcançou nos últimos anos.
“Com uma extraordinária equipe de servidores públicos, estamos demonstrando que, com ousadia, inovação e coragem, é possível fugirmos das nossas atribuições cotidianas e avançarmos além delas. Demonstramos que é possível trazer novos instrumentos de gestão para o setor público e transformar esses novos instrumentos em avanços na qualidade de vida das pessoas, nos indicadores econômicos que o Estado vem buscando e, muito em especial, nos seus indicadores sociais”, afirmou.
O Prêmio Excelência em Gestão Pública é distribuído em três categorias. Para o primeiro lugar de cada uma delas, a premiação é de R$ 8 mil, para o segundo de R$ 4 mil e para o terceiro de R$ 2 mil. A premiação é coordenada pela Secretaria de Planejamento e Gestão (Seplag), em parceria com a Fundação João Pinheiro e com o apoio do Banco de Desenvolvimento de Minas Gerais (BDMG), que patrocina o prêmio.
Nesta quarta edição, houve um número recorde de candidatos com 91 inscrições válidas. Os nomes dos vencedores foram divulgados em outubro. As inscrições contaram com trabalhos de diversas secretarias e órgãos públicos do Estado.
“Minas Gerais é hoje resultado de uma obra coletiva onde não apenas a equipe de governo de primeiro escalão, mas cada servidor, nas várias regiões do Estado, compreendeu ou se sentiu estimulado para avançar como nós avançamos até aqui”, destacou o governador Aécio Neves.

Divulgação
Além do prêmio em dinheiro, os servidores terão seus trabalhos divulgados pela Seplag em fóruns temáticos com o objetivo de divulgar as experiências de sucesso no segmento de gestão pública.
“A grande ideia com esse prêmio foi valorizar os servidores. O objetivo é buscar dentro das próprias instituições as melhores idéias para soluções que são complexas. Quem está no dia-a-dia tem maior facilidade e pode identificar as soluções. Além disso, o prêmio incentiva que essas práticas sejam disseminadas por toda a administração pública”, explicou a secretária de Planejamento e Gestão, Renata Vilhena.

Premiados
Entre as categorias do Prêmio Excelência em Gestão Pública está aquela que premia trabalhos já implantados e que receberam apoio de alguma instituição externa ao órgão. Entre os vencedores estão Luiz Fernando Telles e Gilson Santos Junior, da Secretaria de Transporte e Obras Públicas, pela Pesquisa de Satisfação dos Usuários das Rodovias Mineiras.
No segundo lugar, receberam Leonardo Fernandes Moreira, Maria Helena Silva, Thiara Vieira Fernandes, Valmar Gonçalves de Sousa e Maria da Graça Bragança, da Emater, responsáveis pelo Sistema Pedagógico Participativo e Interativo de Formação Continuada em Serviços, que atende profissionais de extensão rural, produtores e lideranças rurais. O trabalho dispõe de material didático como manuais, cartilhas e vídeos, utilizados no aprimoramento profissional.
O terceiro lugar também ficou com a Secretaria de Transportes e Obras Públicas, com a servidora Natália Couto Bavoso, responsável pelo Programa Mineiro de Qualidade e Produtividade no Habitat. O trabalho visa à modernização tecnológica, organizacional e gerencial da cadeia produtiva das obras públicas, por meio de adesão gradativa ao sistema da qualidade.

Esforço criativo
Na categoria que premia trabalhos realizados a partir da criatividade do servidor aliada ao conhecimento acadêmico e experiências profissionais, o primeiro lugar foi de Ivanir Souza, Maria Alves Ferreira e Rita Ferreira da Mota, da Escola Estadual Fazenda Cristo Rei, em Miravânia, no Norte de Minas. O projeto premiado é Sertão SOS a UAI, que tornou o aprendizado mais atrativo por meio da arte, cultura e lazer, reduzindo a defasagem de aprendizagem.
O segundo lugar foi conquistado pelos servidores José Cláudio Ribeiro, Christiano Lemos Brandão, Francisco Bizzotto Gomes e Felipe Pereira Gomes, da Fundação Estadual do Meio Ambiente (Feam), com o Índice de Desempenho da Política Ambiental para o Estado de Minas Gerais, que mede o desempenho da política pública de meio ambiente. O terceiro lugar foi de Eduardo Samaan, da Secretaria da Fazenda, pelo Cálculo da Substituição Tributária na Cobrança do ICMS.

Projetos e ideias
A terceira categoria premia ideias e projetos que também aliam criatividade e conhecimento acadêmico, mas que ainda não foram implantados ou que estão em processo de implantação no Estado.
Nesta categoria, o primeiro lugar foi o projeto do Sistema de Gestão de Ações do Travessia – A Utilização da Tecnologia na Articulação de Políticas Públicas, dos servidores Cláudia Bolognani Pereira, William Peter Silva, Marcos Verdade Vieito e Carolina Costa Almeida, da Secretaria de Desenvolvimento Social.
Recebeu o segundo lugar o projeto do Sistema Integrado do Acordo de Resultados, de Daniel Rodrigues Nogueira, Celso Cotta Cenachi, Marina Queirós Cury e Tiago Cançado Diniz, da Secretaria de Transportes e Obras Públicas.
No terceiro lugar, ficou o projeto de Implantação das Diretrizes da Global Reporting Initiative no Sistema de Meio Ambiente, de Renata Martins de Meirelles, Carlyle dos Passos Laia, Thiago Costa Grego, do Sistema Estadual de Meio Ambiente. A Global Reporting Initiative é uma ONG Internacional, que tem como missão desenvolver e disseminar diretrizes para elaboração de relatórios de sustentabilidade utilizadas voluntariamente por empresas do mundo todo.
Devido ao alto nível dos trabalhos apresentados, a Comissão Julgadora destacou, além dos premiados, outros três trabalhos com menção honrosa. Esses trabalhos são Gestão e Arquivamento do Documentos de Contabilidade e Finanças Públicas, de Ricardo Vieira de Jesus, da Secretaria de Defesa Social; Gestão de Materiais e Serviços, Logística e Patrimônio, de Eunice Tavares de Paiva, da Uemg; e Práticas Sustentáveis em Estabelecimentos Prisionais: Captadores de Água de Chuva, de Ricardo Luiz Nascimento dos Santos, também da Secretaria de Defesa Social.
O governador Aécio Neves entregou o prêmio a todos os servidores, acompanhado da secretária Renata Vilhena. Os secretários de Obras e Transportes Públicos, Fuad Noman Filho; da Fazenda, Simão Cirineu; da Defesa Social, Maurício Campos Júnior; de Desenvolvimento Social, Agostinho Patrus Filho; da Agricultura, Gilman Viana; e do Turismo, Érica Drummond, também participaram da cerimônia de premiação.
A servidora Ivanir Souza, da cidade de Miravânia, discursou em nome dos premiados e destacou que a premiação motiva os funcionários públicos a aprimorar ainda mais o seu trabalho.
“Aprendemos a transformar entraves em caminhos viáveis e sonhos realizados. Nesse contexto, considero importantíssima essa premiação para que continue a apoiar e a incentivar a formação de novos recursos humanos”, afirmou.

Comissão

A comissão responsável pelo julgamento dos trabalhos foi coordenada pelo presidente da Fundação João Pinheiro, Afonso Henriques Borges, e é composta por representantes da Seplag, Fundação João Pinheiro e BDMG. A Comissão conta ainda com o professor Caio Marini, da Fundação Dom Cabral; a especialista em setor público do Banco Mundial Evelyn Levy; e o vice-presidente da Sociedade para Desenvolvimento da Informação, Solón Pinto. 

Cadastre lideranças engajadas, sua ação sociocultural, seu projeto, produto, entidade, pesquisa, agenda cultural etc - contribua, complemente, ajude a atualizar, curta e compartilhe!

Compartilhar no Facebook Compartilhar no Instagram Imprimir

ESSE PORTAL É UM PROJETO VOLUNTÁRIO. NÃO PERTENCE À PREFEITURA MUNICIPAL | CADASTRE GRATUITAMENTE A SUA AÇÃO SÓCIOCULTURAL