São João del-Rei | Tiradentes | Ouro Preto
Transparentes

ser nobre é ter identidade

Melhores Práticas

Atrativos culturais e turísticos de São João del-Rei e região

Descrição

Agenda Cultural Diária
Agenda Cultural Permanente

. SÃO JOÃO DEL-REI . 2ª CAPITAL BRASILEIRA DA CULTURA

SÃO JOÃO DEL-REI E REGIÃO

Entoados . Documentário sobre a liguagem dos sinos
Destinos Referência. Turismo de Estudos e Intercâmbio: São João Del Rey (MG)
Semana Santa em São João del-Rei . Ser nobre é ter identidade
Documentário "Ferrovia Oeste de Minas: Memória e História"
Semana Santa . Cíclope

O Centro Histórico . Cíclope
Maria Fumaça . Cíclope
A Linguagem dos Sinos . Cíclope
Carnaval . Cíclope
Saudades de São João del-Rei por Luiz Gonzaga
Devotos celebram o Dia de Santa Cruz . Jornal Nacional
Estrada de Ferro Oeste de Minas - 1925
São João Del-Rei carrega tradição, cultura e musicalidade
Saudação do Ministro da Cultural Gilberto Gil a São João del-Rei, CBC-Capital Brasileira da Cultura 2007
Tapetes artesanais colorem as ruas de São João del-Rei . MG TV
São João del-Rei, Minas Gerais, recebe turistas na Semana Santa . Via Brasil
Filmagens mudam rotina de São João del-Rei . Bom dia Minas
São João del-Rei . Tô de folga: conheça as cidades históricas de Minas Gerais . Jornal Hoje Globo
Marchinha anima carnaval no interior de Minas . Jornal Nacional
Estação Ferroviária São João del-Rei
Série vídeo cartas Fernando Gabeira . O enterro de Tancredo Neves
Jornal de viagem
Procissões em São João del-Rei
Tapete de Rua Largo São Francisco
Lendas São-joanenses
São João del-Rei 
Sorte venturosa . Rede do Corpo Cia de Dança
Ferrovia São João del Rei - 1976 - Pt. 2
Fotos Semana Santa 2009 - São João del-Rei, MG
São João del Rei na Semana Santa
São João del-Rei . Carnaval
São João del Rei cantada
Sexta feira Santa - tapete de serragem
Diversos vídeos JP Vídeos
Seresteiros, Poetas e Boêmios de S. J. del Rei
A TV de São João del-Rei na internet . Registro do Grutsem-Grupo Teatral do Senhor dos Montes
Hino do município de São João del-Rei
Pátria Minas . Marcus Viana
Terra de Minas . Marcus Viana
Cidades descobrem benefícios de viver em ritmo mais lento na Itália . Globo Repórter

Bar Sarcófago
Hino Nacional com a letra da introdução . completo
Show do Perpetuum Jazzile e BR6  . Coral da Eslovênia (grupo brasileiro - seis solistas)
Bloco Gato de Botas anima foliões em São João del-Rei
Bloco Vamos a la Playa . São João del-Rei
Tiradents ganha cidade cinematográfica durante Fetsival de Gastronomia
Receita do tradicional pão de queijo mineiro

Atrativos histórico-culturais

Maria Fumaça: 12 km em 35’ pela Serra de São José, margeando o Rio das Mortes. O passeio completo (ida e volta) custa aproximadamente R$16,00. Crianças de 06 a 10 anos pagam metade. Av. Hermílio Alves 366. Tel: 3371-8485. 6º a dom 10 e 15hs; retorno às 13 ou 17hs. Horários diferenciados durante o período de férias escolares.

Biblioteca Municipal Batista Caetano D’Almeida: Área: Praça Frei Orlando n°90
Como Chegar: Está localizada na praça principal.

Catedral Basílica de N.S. do Pilar: é a única na cidade que tem altares com talhas douradas. Rua Getúlio Vargas – tel: 3371-2528. 2ª a 8h/10:30, 17h/20h. 3ª e 5ª 8h/10h30, 13h/20h. 6º 13h/20h. Sab. e dom 08h/10h30 e 17h/20h.

Igreja N.Sra. do Carmo: Apresenta características de várias fases do barroco. Lg do Carmo – 3371-7996. 2ª a sab 7h/12h, 16h/19h, dom 07h/11h, 17h/19h.

Igreja São Francisco de Assis: Em frente há um jardim com palmeiras imperiais. Portada esculpida em pedra sabão. O tumulo do ex presidente Tancredo Neves fica no cemitério nos fundos. Pç. Frei Orlando, 07 – tel: 3372-3110. 2ª à sab. 08h/17h30. dom 9h/16h.

Igreja N.Sra. das Mercês: A primeira capela data de 1751.Pça. Barão de Itambé

Igreja do Rosário: Largo do Rosário ou Praça Embaixador Gastão da Cunha – Centro
Como Chegar: Saindo da praça São Francisco, seguir rua Padre José Maria Xavier, ponte do Rosário, praça Embaixador Bastão da Cunha ou largo do Rosário.

Capela do Sr. do Bonfim: Morro da Forca

Capela de Nossa Senhora da Piedade: Praça Embaixador Gastão da Cunha ou Largo do Rosário
Bairro: Centro
Como Chegar: Saindo da praça São Francisco, seguir rua Padre José Maria Xavier, Ponte do Rosário e praça Embaixador Gastão da Cunha ou Largo do Rosário.

Capela de Nossa senhora das Dores: Centro
Como Chegar: Saindo da Praça de São Francisco virar à direita, seguir até a praça dos Expedicionários.

Capela de Santo Antônio de Pádua: R. Santo Antônio.

Capelas de Passos: São João Del Rei possui cinco capelas de Passos. São elas:
Passo da Entrada de Jerusalém – Praça Embaixador Gastão da Cunha ou Largo do Rosário.
Passo ‘Simão Cirineu Ajuda a Carregar a Cruz’ – Rua Getúlio Vargas, antiga Rua Duque de Caxias.
Passo “Cristo com Cruz às Costas” – Rua Padre José Maria Xavier, ou Rua da Prata.
Passo “do Encontro” – Praça Barão de Itambé.
Passo “da Verônica” – Praça Paulo Teixeira.

Museu Ferroviário: Av. Hermilio Alves, 366 – 3ª a domingo. Funcionamento: 9 as 11h e das 13h às 17h – Tel.3371.8485

Museu de Arte Sacra: Pça. Embaixador Gastão da Cunha, 8 – Tel.  3371.4742 – Memorial Tancredo Neves – R. Padre José Maria Xavier, 7 – Tel. 3371.7836 , 6a de 13:00 às 18:00 , sab. Domingo e feriados de 9:00 às 17:00. 4/6º, 13 às 18hs (jul, jan, fev); fecha 2º feira.

Museu de Arte Regional: Pça. Marechal Deodoro, 12 – Tel. 3371-7663 – 3a. a dom das 12h às 17h30m

Museu do Estanho John Somers: Av. Leite de Castro n°1150 – Tel. 3371.8000 aberto de 3a. a domingo de 12h às 17h

Casa de Bárbara Heliodora: Pça. Frei Orlando n°90

Chafariz da Legalidade: Praça dos Expedicionários
Como Chegar: Saindo da praça São Francisco, seguir rua Comendador Balbino da Cunha e praça dos Expedicionários.

Museu dos Ex-Combatentes: Av. Hermílio Alves – 3a a Dom das 12h às 17h.

Museu Regional: R. Marechal Deodoro, 12 Lg. Tamandaré. Tel: 3371.7663. R$1,00 3ª/6ª 12h/17h30, sab/dom 8h/13h.

Memorial Tancredo Neves: R. Pe. José Maria Xavier, 07. tel: 3371.7836 R$2,00. 6ª 13h/18h, sab/dom 9h/17h; jan/fev/jul 4ª13h/18h, sab/dom 9h/17h.

Memorial Cardeal Dom Lucas Moreira Neves: Rua Getúlio Vargas n°52 
Site: www.memorialdomlucas.org.br
Horário de funcionamento: terça a sexta: de 13h às 17h / sábados, domingos, feriados e dias santo: de 9 às 13h.

Teatro Municipal: Av. Hermílio Alves, 170 – Tel: 3379.2955 / 3704 Visitas guiadas pela manhã.

Solar da Baronesa de Itaverava: Pça Dr. Augusto de Chagas Viegas, 17. Tel: 3379.2500 8h/12h 14h/20h.
Solar dos Neves: Residência do ex presidente Tancredo Neves entre 1957 e 1985. Visitação externa. Pç Bem. Gastão da Cunha, 98.

Conjunto Arquitetônico e Paisagístico da Rua Santo Antônio: Prefeitura – Paço Municipal e Cadeia – R. Ministro Gabriel Passos.

Instituto Histórico e Geográfico: Rua Santa Teresa n°12 – Centro      

Minas de Ouro Presidente Tancredo Neves: Rua Silvério Carazza

Como Chegar: De carro: saindo da praça São Francisco, seguir rua Padre José Maria Xavier, ponte do Rosário, praça Embaixador Gastão da Cunha, rua Getúlio Vargas, rua Arthur Bernardes, rua Marechal Deodoro, rua Sebastião Sette, Seguir placa indicativa.

Serra do Lenheiro: Geologicamente, a Serra do Lenheiro é a continuação da serra de São José e pode ser observada a oeste e a noroeste de São João del Rei. Com altitude máxima de 1.218 metros, ela é uma formação cuja origem remonta a 1,6 bilhões de anos. Esta serra forneceu ouro e era o local onde estavam as principais minas, lenha e pedras que serviram para construir igrejas e pontes da cidade.
“A Serra do Lenheiro e a cidade de São João Del Rei formam uma especial unidade cultural, arquitetônica e ambiental” (Vertentes Ecoturismo).  “Atenção para um paredão de 8 m no decorrer do trajeto, com fendas e saliências propícias para subida. O local é indicado para observação geológica de ondas fósseis”. (Turismo Ecológico Minas Gerais) Mas são vários os pontos que fazem dessa serra um interessante atrativo.

Serra de São José
Gruta Casa de Pedra: Rodovia São João Del Rei / Tiradentes
Distância ao Centro: 11 Km
Como Chegar: Saindo da praça São Francisco, seguir rua Balbino da Cunha, praça dos Expedicionários, avenida Oito de Dezembro, trevo para Barbacena e BR-265. Possui placa indicativa da gruta. É asfaltado até o local.


Fonte  http://www.pdturismo.ufsj.edu.br/cadastro/ihg.shtml

SÃO JOÃO DEL-REI E REGIÃO

Agentes dos EUA farão roteiro para a Vertentes
Fazenda do Pombal: berço da Inconfidência e refúgio ecológico . Ritápoles
Festa do Carro de Bois e Tropeiros de Tiradentes
Forno na Praça em São Tiago
Carrancas
Diversos
Serra do Lenheiro . pic nic e escalada
Tiradentes: Balneário Águas Santas e Restaurante Caipira do Lago
Trilha da Cava: Ciclo Verde é alternativa turística para Vertentes
Parques de Minas
Cardápios turísticos interativos . Associação da Cidades Históricas de Minas Gerais
Roteiros Planilhados . Estrada Real
Circuito Trilha dos Inconfidentes
Descubra Minas
Turismo em Minas Gerais

Agências de Turismo
Tiradentesbrasil . Passeios e atividades culturais
Trilha dos Inconfidentes Convention & Visitors Bureau . Projeto pretende fortalecer turismo nas Vertentes
Lazer e Aventura . 032 3371 7956/9981 3474

Mais informações

Cachoeiras da Estrada Real serão mapeadas
Por Gazeta de São João del-Rei em 12/04/2014

Dois jovens de São João del-Rei tiveram uma ideia que, aparentemente, ninguém mais teve; e conseguiram o apoio do Instituto Estrada Real (IER) para colocá-la em prática. Rafael Cipriani, 27; e Pedro Mendonça, 25, querem mapear todas as cachoeiras que pertencem à Estrada Real, ligando Ouro Preto (MG) a Paraty (RJ). O objetivo é produzir três guias – um impresso, um online e outro no formato de aplicativo – que orientem os viajantes.

Cachoeira do Urubu, entre São João del-Rei e Tiradentes, é uma das belezas a serem demarcadas até o final do ano para os guias virtuais e impresso – Foto: Divulgação/indisponível

O projeto está em fase de desenvolvimento desde o início deste ano e terminará com mapeamento detalhado de aproximadamente 500 cachoeiras. Cerca de 200, que integram o Caminho Velho, já serão conhecidas até o final de novembro.

O percurso
A antiga rota de exportação do ouro e do diamante entre Minas, Rio de Janeiro e São Paulo foi a saída encontrada pela antiga Coroa Portuguesa para evitar caminhos desconhecidos no transporte de pedras preciosas a partir do século XVII.

Dessa forma, o ouro e o diamante só deixavam as terras mineiras por trilhas autorizadas pela realeza, que receberam o nome de Estrada Real. Hoje o caminho, com forte movimento turístico, chama a atenção por suas belezas naturais e pela riqueza de detalhes da história do Brasil.

Necessidade
Cheia de atrativos naturais, a Estrada Real é repleta de cachoeiras desconhecidas ou pouco visitadas. Foi dessa ausência que surgiu a ideia do roteiro na mente do administrador Pedro Mendonça e do consultor e web designer Rafael Cipriani.

Ele conta que a iniciativa veio à tona por necessidades pessoais: ele e o sócio tinham dificuldade em encontrar algumas cachoeiras, já que a maioria não é sinalizada ou é de difícil acesso. “Elas são a segunda atração mais procurada da rota, perdendo apenas para cidades históricas. Por isso a ideia de demarcar a rota de toda a Estrada Real. Os primeiros investimentos foram nossos, mas também contamos com o apoio e patrocínio de algumas empresas ligadas ao turismo”, disse.

O projeto
Toda a ação é dividida em três partes e a primeira corresponde à catalogação do Caminho Velho, que liga Ouro Preto a Paraty, e está prevista para ser encerrada até o final de novembro.

Para a realização do trabalho, Rafael e Pedro contam com uma equipe de apoio. “Em Ouro Preto, por exemplo, nossa parceria é com alguns guias que vão nos levar até as cachoeiras. Também temos a ajuda de um fotógrafo. E assim vamos fazendo essa troca de informações e realizando nossas atividades”.

O site, o aplicativo e o guia impresso, em três volumes, vão disponibilizar informações como coordenadas de localização, nível de dificuldade de acesso e altura das quedas d’água. No material estará toda a ficha técnica das principais atrações naturais de 199 cidades que fazem parte da Estrada Real.

Terminada a primeira etapa, são-joanenses e IER pretendem fazer o mesmo trabalho em outros dois trechos: o Caminho Novo, de Ouro Preto ao Rio de Janeiro; e o Caminho dos Diamantes, que faz a ligação até Diamantina. A expectativa é de que essa fase aconteça no ano que vem.

IER
Para o instituto, o turismo natural precisa ser mais trabalhado e a instituição acredita que, hoje, apenas 20% das cachoeiras existentes na Estrada Real fazem parte dos roteiros já existentes e disponibilizados para turistas.

A gerente do IER, Karla Bittar, afirma que o projeto de mapeamento é muito interessante e importante para o instituto. “A gente tem muita intenção de promover e utilizar as informações das cachoeiras em realizações do IER. Até porque elas reforçam o que queremos oferecer, que é o turismo natural junto ao histórico-cultural”, contou.

Outras informações no site: www.cachoeirasestradareal.com.br.


Compartilhe fotos, documentos, ação/projeto cultural . registramos colaboração e créditos 
O conteúdo desse portal pode ser reproduzido, desde que citadas as fontes e os créditos.
Mais informações/imagens, utilize o SISTEMA DE BUSCA de nosso portal
 

Cadastre lideranças engajadas, sua ação sociocultural, seu projeto, produto, entidade, pesquisa, agenda cultural etc - contribua, complemente, ajude a atualizar, curta e compartilhe!

Compartilhar no Facebook Compartilhar no Instagram Imprimir

ESSE PORTAL É UM PROJETO VOLUNTÁRIO. NÃO PERTENCE À PREFEITURA MUNICIPAL | CADASTRE GRATUITAMENTE A SUA AÇÃO SÓCIOCULTURAL