São João del-Rei | Tiradentes | Ouro Preto
Transparentes

ser nobre é ter identidade

OGs e ONGs

Sociedade de Amigos do Bairro Senhor dos Montes

Título

Sociedade de Amigos do Bairro Senhor dos Montes

Data de início das atividades

13 de novembro de 1991

Responsável pelo órgão/cargo

Mauro da Paixão Natividade (presidente interino).

Endereço

Rua Emílio Viegas , 26 A, Senhor dos Montes - São João del-Rei

Telefone

032 3372 3284

Atividades/Serviços

- Administra a quadra da comunidade do Senhor dos Montes, oferecendo atividades aos moradores e fazendo parcerias com instituições do bairro para a utilização da quadra;
- Oferece escolinha de futsal gratuita a crianças nos sábados;
- organiza atividades culturais, ajuda na realização de campanhas sociais (como a Campanha do Cobertor);
- Participa de manifestações em busca de melhorias no bairro, como pavimentação de ruas, saneamento básico, iluminação pública, reforma de escola e revitalização do Alto do Cristo.

Público alvo para comunicação de atividades da entidade

Bairro do Senhor dos Montes e entorno.

Passo a passo para o cidadão ter acesso às atividades ou serviços

Entrar em contato com Mauro.

Perfil dos membros

6 membros e conselho fiscal.

Parceiros

- Obras Sociais da Paróquia do Pilar
- CRAS
- PSF

Histórico

A Sociedade de Amigos do Senhor dos Montes foi fundada em 1991 por moradores do bairro preocupados com os problemas sociais. Entretanto, havia problemas de administração e prestação de contas por parte dos membros da diretoria da entidade, o que a deixou praticamente inativa e com uma multa de R$1500 na Receita Federal.
Quando Mauro da Paixão Natividade e seus companheiros assumiram a diretoria da Sociedade, vários eventos foram realizados para pagar essas multas. A entidade se tornou mais ativa e começou a realizar inúmeras intervenções no bairro Senhor dos Montes e em seu entorno, se afirmando como instituição social relevante para a comunidade.
A principal responsabilidade da Sociedade de Amigos é a administração de uma quadra, que foi doada ao bairro por um político. Mas além de cuidar da manutenção desta, a instituição se preocupa em emprestá-la a entidades locais, como o PSF, que realiza uma caminha com os idosos toda quarta-feira na quadra e a Escola Estadual Idalina Horta Galvão, que utiliza o espaço para as aulas de Educação Física das crianças. Algumas atividades culturais também são realizadas na quadra, como o ensaio da Escola de Samba Bate Paus.
Mas o trabalho da entidade não se restringe à quadra e suas atividades. Segundo o presidente interino Mauro da Paixão Natividade, a Sociedade sempre intervém em assuntos de interesse do bairro. Um exemplo disso foi a revitalização do Alto do Cristo, que só se iniciou depois de inúmeras denúncias e intervenções da Sociedade de Amigos e de outras instituições são-joanenses. Além disso, a Sociedade de Amigos do Bairro também foi responsável por intervir para a ampliação da Escola Estadual Idalina Horta Galvão.

Principais problemas/dificuldades da área atuante

- Encontrar uma diretoria ativa (a diretoria já deveria ter sido transferida para outros membros, mas no momento não há interessados em assumir a instituição);
- Conseguir recursos financeiros;
- Falta de voluntários (principalmente na área de Educação Física e para ajudar na manutenção da quadra).

Propostas e sugestões para o desenvolvimento turístico da cidade

A Secretaria de Cultura e Turismo deve investir mais nos pequenos grupos artísticos e culturais da cidade, oferecendo maior visibilidade e recursos financeiros para não permitir que esses grupos morram. Além disso, deve dar mais valor às tradições religiosas e culturais, que sobrevivem em bairros longe do centro, ajudando a mantê-las e dando visibilidade.

Info

Tipo de sustentabilidade econômica: 
- Anúncios publicitários na quadra;
- Aluguel da quadra (é cobrado um valor de R$20 para realização de jogos à noite, para a própria manutenção do local e pagamento da iluminação);
- Verbas esporádicas do Governo do Estado (SEDESE).

Projetos/Melhores práticas desenvolvidas:
A instituição possui nove máquinas de costura industrial, que foram doadas pela Embaixada da Austrália. Uma cooperativa de costureiras será construída com essas máquinas, com objetivo de gerar renda e emprego para as mulheres do bairro. De acordo com o presidente interino, Mauro da Paixão Natividade, a cooperativa já deveria estar ativa, mas devido à desorganização das próprias costureiras e da falta de um espaço adequado, as tentativas de instalação ainda não foram bem sucedidas. Entretanto, Mauro afirma que está trabalhando para levar o projeto adiante e acredita que um novo espaço será doado à instituição no próprio bairro, permitindo que a cooperativa entre em funcionamento.

Data da coleta dos dados

17 de setembro de 2010

Responsável pelas informações

Mauro da Paixão Natividade.
Cadastre lideranças engajadas, sua ação sociocultural, seu projeto, produto, entidade, pesquisa, agenda cultural etc - contribua, complemente, atualize, curta e compartilhe!

Compartilhar no Facebook Compartilhar no Instagram Compartilhar no Whatsapp Imprimir

ESSE PORTAL É UM PROJETO VOLUNTÁRIO. NÃO PERTENCE À PREFEITURA MUNICIPAL | CADASTRE GRATUITAMENTE A SUA AÇÃO SÓCIOCULTURAL