Organização

Associação Regional de Produtores Associados do Campo das Vertentes - ARPA

Endereço
Av. Hermílio Alves, 234 - 4º Andar - Banco do Brasil  
Telefone
032 3372 7790  
Website
http://www.agropecuaria.saojoaodelrei.mg.gov.br/?Pagina=arpa  
Atividades/Serviços
ARPA é um associação jurídica de direito privada, sem fins lucrativos, com personalidade jurídica distinta de suas filiadas, sem vínculo patrimonial e responsabilidades diversas, com sede e foro na cidade de São João del-Rei, tendo jurisdição em todo o território do Campos das Vertentes, constituída para fins de estudo, coordenação, desenvolvimento, defesa, proteção e representação da categoria econômica vinculada a atividade agricola, pecuária, agricultura familiar, especialmente na produção de leite e derivados, inspirando-se nos princípios da solidariedade social, de livre iniciativa, do direito de propriedade e da economia de mercado regendo-se pelo estatuto e pelas disposições legais aplicáveis.  
Passo a passo para o cidadão ter acesso às atividades ou serviços
Relação das Associações cadastradas na ARPA:
  • Associação Regional de Produtores da Região do Campo das Vertentes . Gervásio 3374-2061 ou 9119-3979
  • Associação dos Moradores de São Miguel do Cajuru . Cristina . 8457-1098 ou 8467-5455
  • Associação de Produtores de Queijo de São João del-Rei . Silvano 8419-9727 ou 3371-9727
  • Associação dos Apicultores de São João del-Rei . Calsavara 3371-7771 ou 9955-1006
  • Associação de Produtores Rurais e Agricultura Familiar do Chaves . Valdir 8449-2340
  • Associação de Produtores Rurais e Agricultura Familiar do Mumberra . Antônio (Gordinho) 8403-9736
  • Associação de Produtores Rurais e Agricultura Familiar das Colônias . Adriano 3373-2089 OU 8843-8087
  • Associação de Produtores Rurais e Agricultura Familiar de Cruzeiro da Barra . Vagner 9942-1764 ou 9961-8345
  • Associação Comunitária Rural do Elvas . Elis Regina 8409-6070 ou 3371-6119
  • Associação de Moradores e Paulo Cesar 9937-0201
  • Associação Comunitária de Moradores, Produtores Rurais e Agricultura Familiar do Caxambu . Giovanni Oliveira 9905-2267 ou 8451-6075
  • Associação de Moradores do Povoado do Januário . Paulo 8408-0532
  • Associação de Moradores e Amigos do Caquende . Eduardo 9107-9708 ou 3372-4675
  • Associação dos Amigos da Cultura Urbana e Rural de Tiradentes . Gilson 9954-2460 ou 3355-1589
  • ( recado)
  • Associação Comunitária e Produtores Rurais de Ritápolis . Alessandro 9969-1480 ou 9949-9638
  • Ritápolis
  • Associação de Produtores de Leite de Coroas . Didi / Reginaldo 3357-1236 ou 1235
  • Associação de Produtores de leite de São Sebastião do Gil . Entre Rios . Américo (31) 3736-3014
 
Histórico da entidade
Formada por uma diretoria, conselho fiscal e conselho de representantes, a ARPA pleiteia e adota medidas cabíveis aos interesses das associações de produtores rurais ou de quaisquer outras entidades congêneres, a ela filiada, representando-os e as congregando de forma a tornar defensora ativa de tudo quanto possa concorrer oara a prosperidade das entidades associadas.  
Número e perfil dos membros
Gervásio Magno Júnior
Presidente

Gilvânia Gonçalves
Secretária Administrativa

Mais informações

Produtores debatem sobre problemas fiscais
Por Gazeta de São João del-Rei em 22/02/2014

Pendências fiscais de entidades ligadas a produtores rurais levaram membros da Associação Regional de Produtores Associados do Campo das Vertentes (ARPA) a se reunirem na sexta-feira, 14, para discutir a questão.

Além de resolver problemas com a Receita Federal, produtores também pretendem elaborar Planos de Metas para as associações locais. Reunião foi o primeiro passo - Foto: Gazeta
Além de resolver problemas com a Receita Federal, produtores também pretendem elaborar Planos de Metas para as associações locais. Reunião foi o primeiro passo – Foto: Gazeta

Cerca de 30 integrantes das entidades em débito estiveram no encontro que contou, também, com a participação do deputado estadual Rômulo Viegas (PSDB), representantes do Instituto Mineiro de Agropecuária (IMA) e da Emater. “Algumas dessas entidades têm declarações que deveriam ter sido feitas junto à Receita Federal, mas foram mantidas em aberto. Com essa falha, houve a aplicação de multas e elas impedem que as associações recebam recursos governamentais. Então estamos trabalhando para tentar mudar essa situação”, contou o presidente da ARPA, Marcos Fróis.
Os participantes também debateram sobre a criação de um Plano de Metas para o setor rural a partir deste ano, coletando demandas e ideias das comunidades e implantando projetos que beneficiem cada região.

Comunicação
Além da conscientização sobre questões fiscais e da criação de planos para resolver esses entraves, os produtores também pontuaram sobre conectividade fora da zona urbana. Fróis lembrou aos participantes sobre o programa Minas Comunica, do Governo do Estado, que na segunda etapa incluiu os distritos de Arcângelo, Emboabas, São Gonçalo do Amarante e São Sebastião da Vitória como beneficiários.
Para Viegas, esse tipo de encontro e debate gera perspectivas positivas. “É importante unir agricultores e governos, quebrar distâncias e dar condições para que eles possam falar pessoalmente conosco. Sempre que necessário, vamos fazer essa intermediação junto aos órgãos competentes e ajudar no desenvolvimento do agronegócio na região”, garantiu.
Em dezembro do ano passado, uma emenda parlamentar de Viegas garantiu verbas de R$40 mil à ARPA. O valor foi utilizado para a compra de barracas para feiras, computadores, veículos de transporte e outros itens.

 

O conteúdo desse portal pode ser reproduzido, desde que citadas as fontes e os créditos.

www.saojoaodelreitransparente.com.br . Projeto, pesquisa, organização e concepção: Alzira Agostini Haddad . Todos os direitos reservados