São João del Rei Transparente

Ouvidorias

Mortas por terem ido à escola

Descrição

O Taleban deu um tiro na cabeça de Malala, 15 anos, uma ativista pela educação de crianças. Mas ela sobreviveu, ajudou a conseguir mais direitos educacionais para as garotas do Paquistão e vai fazer um discurso na ONU amanhã, pedindo aos líderes mundiais que cheguem a um acordo para colocar todas as crianças do planeta na escola, uma meta alcançável. Vamos apoiar Malala e exigir educação para todos:

Assine a petição

Um grupo de jovens garotas estava saindo de um centro de estudos de volta para casa, no Paquistão, quando o ônibus escolar em que elas estavam foi bombardeado por terroristas -- 14 delas foram queimadas vivas. As sobreviventes foram levadas às pressas para o hospital, onde outra bomba explodiu e feriu seus amigos e as enfermeiras que chegavam para prestar socorro.

Às vezes, de dentro de uma nuvem sombria pode sair um raio de luz brilhante. Diante deste horror, Malala, uma garota de 15 anos, teve a ousadia de começar uma campanha pelo direito de garotas como ela terem acesso à educação no Paquistão. Ela levou um tiro na cabeça no ano passado, mas sobreviveu, e com o apoio de quase 1 milhão de nós, ela contribuiu para criar uma nova política do governo paquistanês que colocará todas as garotas na escola!

Mas ela não vai parar por aí. Nesta sexta-feira, Malala vai fazer um pronunciamento na ONU e propor uma nova meta para o mundo: colocar todas as crianças do planeta na escola. Por incrível que pareça, o pedido de Malala pode ser realizado -- peritos sobre o assunto dizem que colocar todas as crianças do mundo na escola custaria o mesmo que criar duas usinas nucleares! Nas próximas 24 horas, no momento em que ela estiver diante dos líderes mundiais, vamos mostrar a eles que Malala conta com o apoio de milhões de pessoas, e queremos que eles transformem o horror do Taleban em uma nova esperança, a educação para todos:

http://www.avaaz.org/po/every_child_in_school_global/?bRoRibb&v=26907

Malala vai apresentar nossa campanha ao Secretário Geral da ONU na sexta-feira e, junto com um exército de jovens ativistas ao redor do mundo, atuará fazendo campanha no Conselho de Segurança da ONU para aprovar uma resolução que reconheça a crise de educação global e defina passos concretos para promover a educação para todos. Em seguida, vamos ajudá-los a levar essa mensagem para as capitais de países ao redor do mundo até que os governos assinem cheques e mudem suas políticas educacionais.

Estes são os pontos principais desse plano:
  • garantia de igualdade para as garotas e jovens marginalizados, a quem é negado o direito à educação
  • fornecer qualificação rigorosa para os professores
  • aumentar os fundos para educação com mais ajuda financeira de países doadores e que todos os países passem a alocar melhor os recursos para educação e garantir que todas as crianças tenham pelo menos 9 anos de educação
Colocar todas as crianças na escola parece algo ambicioso, mas na verdade é uma meta alcançável por meio de um aumento moderado do apoio financeiro internacional em cerca de US$ 26 bilhões. Isso vai render grandes benefícios para o futuro da paz e prosperidade do nosso planeta. Vamos aproveitar esse momento e oportunidade e tornar isso realidade:

http://www.avaaz.org/po/every_child_in_school_global/?bRoRibb&v=26907

Quando Malala levou um tiro na cabeça, nossa comunidade a apoiou e a ajudou a construir uma estratégica efetiva para levar sua causa a outro patamar. Trabalhamos de perto com o enviado da ONU para a Educação, Gordon Brown, para pressionar o governo paquistanês a anunciar um programa de bolsas para colocar todas as crianças do mundo na escola. Vamos fazer isso novamente agora, e transformar a magia de Malala em realidade ao redor do mundo.

Com esperança e determinação,

Mia, Diego, Ricken, Alex, Anne, Dalia, Pascal, Wen-Hua e toda a equipe da Avaaz

PS - Muitas das campanhas da Avaaz foram criadas por membros da nossa comunidade! Crie a sua campanha agora e obtenha a vitória sobre qualquer questão, seja ela local, nacional ou global: http://www.avaaz.org/po/petition/start_a_petition/?bgMYedb&v=26859



***

Pelo auxílio para encorajar todas as famílias paquistanesas a enviarem suas filhas para a escola

Malala dedicou sua infância para defender a educação de garotas como ela no Paquistão. Enquanto ela se recupera em uma cama de hospital, vítima de atiradores do Talibã, vamos ajudar o seu sonho a se tornar realidade.

Já existe, em uma parte do Paquistão, um programa bem sucedido que dá benefícios para famílias que enviarem suas filhas para a escola com frequência. No entanto, na província da garota Malala, o governo está de braços cruzados. Alguns políticos de cargos altos lhe ofereceram ajuda e se agirmos agora podemos fazer com que eles se comprometam a implementar essa ideia em todo o país.

Antes que a atenção da mídia se volte para outro caso, vamos elevar nossas vozes e exigir que o governo do Paquistão anuncie medidas de auxílio financeiro para todas as garotas paquistanesas irem à escola. Em alguns dias, o enviado da ONU para educação se encontrará com o presidente paquistanês Asif Ali Zardari e disse que a entrega em mãos de 1 milhão de assinaturas pode dar força à sua presença. Assine a petição e encaminhe este email – vamos ajudar a tornar o sonho da garota Malala realidade:

http://www.avaaz.org/po/malalahopenew/?bRoRibb&v=18823

Malala chamou a atenção do mundo para o reinado de terror do Talibã na região noroeste do Paquistão enquanto escrevia em um blog para a BBC. Seus textos relatam as consequências devastadoras do extremismo, que incluem a destruição sistemática de centenas de escolas para garotas e a intimidação violenta de milhares de famílias.

A Constituição do Paquistão diz que garotas devem ser educadas da mesma forma que garotos, e o governo tem recursos para tornar isso realidade. Mas os políticos ignoraram isso por anos, influenciados por grupos religiosos extremistas e, agora, somente 29% das garotas do país têm acesso ao ensino secundário. Inúmeros estudos mostram o impacto positivo na renda pessoal e nacional quando garotas são educadas.

Vamos transformar o susto que foi esse ataque do Talibã, voltado contra uma jovem garota, em uma onda de pressão internacional que forçará o Paquistão a discutir a educação de garotas. Clique abaixo para se unir a Malala e apoiar uma gigante campanha de acesso à educação para garotas no Paquistão, com recursos, segurança e, mais importante, a vontade para combater os extremistas que estão destruindo essa nação:

http://www.avaaz.org/po/malalahopenew/?bRoRibb&v=18823

Vamos nos unir e mostrar solidariedade à corajosa e jovem ativista que está mostrando ao mundo como uma simples estudante pode se posicionar contra extremistas armados e perigosos.

Com esperança e determinação,

Emma, Alaphia, Alex, Ricken, Ari, Wissam, Rewan e toda a equipe da Avaaz


MAIS INFORMAÇÕES:

Malala, a menina que sonhava ir para a escola (Estadão)
http://www.estadao.com.br/noticias/impresso,malala-a-menina-que-sonhava--ir-para-a-escola-,945212,0.htm

Paquistão oferece US$ 1 milhão por talibã ligado à ataque contra menina (Yahoo! Notícias)
http://br.noticias.yahoo.com/paquist%C3%A3o-oferece-us-1-milh%C3%A3o-talib%C3%A3-ligado-%C3%A0-130510658.html

Ativista de 14 anos em estado grave depois de ataque talibã (TVI24)
http://www.tvi24.iol.pt/internacional/taliba-malala-yousufzai-yousufzai-malala-paquistao-ativista/1382208-4073.html

Menina baleada pelo Talibã pode se recuperar, dizem médicos (Terra)
http://noticias.terra.com.br/mundo/noticias/0,,OI6230008-EI8143,00-Menina+baleada+pelo+Taliba+pode+se+recuperar+dizem+medicos.html

Taleban paquistanês afirma que menina ativista baleada merecia morrer (Folha de São Paulo)
http://www1.folha.uol.com.br/mundo/1170056-taleban-paquistanes-afirma-que-menina-ativista-baleada-merecia-morrer.shtml

Malala vai financiar estudos de 40 jovens paquistanesas (Veja)
http://veja.abril.com.br/noticia/esporte/jovem-paquistanesa-ataca-pelo-taliba-vai-financiar-escola

Paquistanesa atacada por defender educação vai comemorar aniversário na ONU (UOL)
http://educacao.uol.com.br/noticias/2013/07/08/paquistanesa-atacada-por-defender-educacao-vai-comemorar-aniversario-na-onu.htm

Malala cria fundo para garantir educação de meninas no Paquistão (Público)
http://www.publico.pt/mundo/noticia/malala-cria-fundo-para-garantir-educacao-de-meninas-no-paquistao-1590250

Petição online apoia luta de Malala Yousufzai por educação feminina no Paquistão (Marie Claire)
http://revistamarieclaire.globo.com/Revista/Common/0,,EMI321929-17738,00-PETICAO+ONLINE+APOIA+LUTA+DE+MALALA+YOUSUFZAI+POR+EDUCACAO+FEMININA+NO+PAQU.html

Corte em ajuda financeira prejudica acesso à escola para milhões de crianças (em inglês)(Huffington post)
http://www.huffingtonpost.co.uk/pauline-rose/education-aid-reductions-jeopardise-schooling_b_3413691.html

Fonte: Avaaz  
Compartilhar Imprimir

ESSE PORTAL É UM PROJETO VOLUNTÁRIO. NÃO PERTENCE À PREFEITURA DE SÃO JOÃO DEL-REI.
Contribua ajudando-nos a atualizar dados, ações, leis, agenda cultural etc. Todos os créditos serão registrados.