Agenda Cultural - Evento

Carnaval de antigamente 2014 . Atitude Cultural

Data
02 Mar 2014  
Hora
16h  
Cidade
SJDR  
Local
Largo do Rosário  
Mais informações

Fotos . Carnaval de antigamente Atitude Cultural 2014 . São João del-Rei
Confira o Clipping de Notícias do Carnaval de Antigamente da Atitude Cultural 2014
Carnaval de antigamente em São João del-Rei . RESUMO IMAGENS . Atitude Cultural

Vídeos:
Carnaval de Antigamente . Atitude Cultural . São João del-Rei . 2014
Tela Vip . TV Campos de Minas . Carnaval de Antigamente . Atitude Cultural . 2014 . 1º Bloco
Tela Vip . TV Campos de Minas . Carnaval de Antigamente . Atitude Cultural . 2014 . 2º Bloco
Tela Vip . TV Campos de Minas . Carnaval de Antigamente . Atitude Cultural . 2014 . 3º Bloco

***

PROGRAMAÇÃO CARNAVAL DE ANTIGAMENTE . ATITUDE CULTURAL
O Carnaval das famílias e das crianças
Imagens do Carnaval de antigamente Atitude Cultural . São João del-Rei . resumo
Vídeo do Carnaval de antigamente 2013

Concentração: Largo do Rosário 16h
Tema: 15 e 30 anos de Atitudes Culturais 
Comemorando os 15 anos da criação do Banco de Dados São João del-Rei Transparente15 anos de ações culturais nas praças e 30 anos de ações culturais em parceria com São João del-Rei
Fantasia da equipe Atitude Cultural: Jardineiras semeando cultura 

. 8º Encontro de Bandas de Marchinhas Antigas: Banda Theodoro de Faria, Banda Zé Pereira com a participação especial da Banda do Bloco Mocidade Santo Antônio
. Baile/Matinê de Máscaras 
. Pernas de Pau e Malabares
. Palhaços, palhaçadas e palhacinhos com Minduim e sua turma
. Batalha de Confetes e Serpentinas (leve o seu Kit)
. Oficina viva de Máscaras para crianças . Grupo Calanquê (32) 8833 3556
. Exposição de Máscaras: Delcy Batista de Oliveira (Picolé do Amado) e Grupo Calanquê
. Exposição Retrospectiva do Carnaval de antigamente . Atitude Cultural
. Bonecos Gigantes do Mestre Quati 
. Cenografia Atitude Cultural 
. Corso e cortejo no Centro Histórico: foliões e carros antigos decorados seguem pelo Largo Rosário, Rua Prata e Largo São Francisco. Se você tem carro antigo participe do nosso corso!

Participe do Carnaval de antigamente se vestindo com fantasias  antigas: Colombina . Pierrô . Marinheiro . Palhaço . Gatinho (fronhas pintadas com orelhas amarradas) .  Arlequim . Jardineira . Baiana . Melindrosa etc 

Projeto Delícias de antigamente
. Exposições virtuais "Carnaval de antigamente": Portal www.saojoaodelreitransparente.com.br

Homenagens
Banda Theodoro de Faria/Juanito
Grupo Calanquê/Milena Lopes
Projeto Delícias de antigamente/Edna dos Santos
. Jardineira Charmosa de 1935

. A Exposição Virtual interativa “Carnaval de antigamente em SJDR” do Portal www.saojoaodelreitransparente.com.br continua: fotos de arquivos pessoais podem ser enviadas para alzirah@gmail.com (032 3371 1208)

Mais informações
alzirah@gmail.com (032 3371 1208)
Programação completa do Carnaval de São João del-Rei 2014, Blocos e Escolas de Samba
Mapa de São João del-Rei turística
Hotéis, pousadas, restaurantes e bares
Carnaval de São João del-Rei e região . Memórias, dados e imagens
Programação Completa do Carnaval de Minas Gerais

CARDÁPIO CULTURAL DO CARNAVAL DE SÃO JOÃO DEL-REI:

Prêmio Estandarte Del-Rei 2013 . contato Jota Dangelo ou Antônio José (032 3371 3198)
Idealizado por Antônio José, logo teve a adesão de Jota e Virgílio Dangelo. Trata-se de uma reaplicação do Estandarte de Ouro, criado em 1972 pelo jornal O GLOBO, do Rio de Janeiro, que premia o que de melhor acontece nas Escolas de Samba do Grupo Especial. Do mesmo modo, oEstandarte Del-Rei vai premiar, com um troféu em estanho, os melhores em dez itens, a saber: Escola de Samba, Intérprete, Samba Enredo, Mestre-Sala e Porta-Bandeira, Alegorias, Comissão de Frente, Bateria, Enredo, Ala de Baianas e Madrinha de Bateria. 

Cadastre gratuitamente a sua ação cultural, sua arte e o seu artesanato em nosso portal 

. Imagens e dados dos carnavais de antigamente em SJDR:
Carnaval de antigamente Atitude Cultural 2013 . São João del-Rei
Carnaval de antigamente Atitude Cultural 2012 . São João del-Rei
Carnaval de antigamente Atitude Cultural 2011 . São João del-Rei Carnaval de antigamente Atitude Cultural 2006 . São João del-Rei 
 
VEJA MAIS:
Exposição virtual "Memórias do carnaval de SJDR" . Acervo: Cenyra Rocha e Theresa Martha Rocha Faleiro
Exposição virtual "Memórias do carnaval de São João del-Rei . Acervo: Foto João Ramalho
Exposição Virtual . Memórias do carnaval de São João del-Rei . Acervo João Bosco dos Reis Teixeira
Exposição Virtual Relembranças . Acervo Jota Dangelo
Exposição Virtual Carnaval de São João del-Rei década de 70 . fotos Victor Bello
Carnaval de antigamente São João del-Rei: exposição interativa virtual - envie suas fotos, participe!

Vídeos:
Carnaval de antigamente 2013 por TV Campos de Minas
Carnaval de antigamente 2013 por Instituto Apoiar
Carnaval de antigamente 2013 no Youtube por Tutti Fonseca
Carnaval de antigamente no Youtube

Conheça
Carnaval em São João del-Rei por Antônio Emílio da Costa . Diversos artigos
Blog São João del-Rei 300 anos
. Artigo Carnaval São João del-Rei 300 anos . São João del-Rei Momo . Quanto riso oh quanta alegria!...
. CD Marchas Mineiras para banda . Companhia dos Inconfidentes e Marcelo Ramos

Patrocínio Carnaval de antigamente: 
Cemig
Governo do Estado de Minas Gerais 

Apoio Cultural: 
Secretaria Municipal de Cultura e Turismo de SJDR

Apoio:
Associação Amigos de São João del-Rei
Conselho Municipal de Preservação do Patrimônio Cultural de São João del-Rei
Sociedade Sanjoanense de Arte e Cultura . Polícia Militar . Confraria NS Rosário
AESBRA-Associação das Escolas de Samba Blocos e Ranchos
Gazeta de SJDR . TV Campos de Minas

Agradecimento especial:
Andrea Neves . Aécio Neves . Valéria Cordeiro . Parceiros culturais de São João del-Rei 

Realização: 
Atitude Cultural
Projeto e Coordenação: Alzira Agostini Haddad
Equipe de apoio: Eliane Agostini Monteiro, Anna Júlia Silveira, Michele Sena, Solange Alves, Bernardo Berg

MINC . Ministério da Cultura


PROGRAMA DE ARTE E CULTURA LOCAL: SÃO JOÃO DEL-REI É 10! . Histórico

AllaaôÔÔÔÔÔÔ, use camisinha sim senhôÔÔÔÔÔÔ!!!
Campanha “Bote camisinha nas suas histórias de carnaval” 

. Matérias e artigos sobre o Carnaval de São João del-Rei
Tencões e Terentenas . Antônio Emilio da Costa
Mineirando . Marina Mazzoni
Portal Uai

Site da Prefeitura Municipal de SJDR

Em algum lugar . Jota Dangelo 
São João del-Rei tem "Carnaval de Antigamente" . Antônio Emílio da Costa 

. Utilizamos material reciclado em nossas fantasias e adereços: 
  Recicla São João . Por um futuro sustentável
. Colabore com a limpeza de nossa cidade: 
  São João del-Rei limpa - Eu faço a minha parte! . Atitude Cultural e Associação Amigos de SJDR

Clippings mídia  

São João del-Rei, a caráter, alegremente, abre alas para o Carnaval de antigamente

 
Um dos momentos mais aguardados da festa de Momo em São João del-Rei é o entardecer do domingo de Carnaval. Nele, no cenário setecentista do Largo do Rosário, sob o olhar distante da lua nova e vespertina, a alegria dá piruetas com a folia, voltam cem anos no tempo e trazem para a rua o Carnaval de Antigamente.

A banda, centenária, sopra em seus metais marchinhas da infância de nossas avós, e à frente dela, a pé, no colo, no ombro, em carrinhos de bebê, vão foliões de todas as idades. Todos com sorriso no rosto, encantamento nos olhos, felicidade no peito e aceno nas mãos. Namorados, amigos, casais, pais e filhos, vizinhos, desconhecidos, o bloco do eu sozinho...

Salpicadas aqui e acolá, fantasias sentenciam que é Carnaval: palhaços, pernas de pau, bailarinas, arlequins, colombinas, piratas, espanholas, mágicos, ciganinhas, toureiros, acrobatas, havaianas, borboletas, joaninhas ... Chovem confetes, relampeiam serpentinas. Cores se movem pelo ar. À frente de tudo, abrindo alas, vão estandartes alegres e um animado corso de jardineiras, calhambeques e furrecas, enfeitados como no tempo do Chico Brugudum.

Concentrado em frente à igreja da mais antiga irmandade negra de Minas Gerais, o cortejo dá meia-volta e segue em frente. Passa pela rua estreita, atravessa a Ponte dos arcos do Rosário e floresce na Rua da Prata. Depois, desabrocha nos canteiros da lira que é o jardim do Largo de São Francisco.

Nesta hora, as estrelas invejosas, debruçadas no céu, suspiram:

                             - Salve a Atitude Cultural!
                             - Viva o Carnaval de Antigamente!...
 
 
Foto da abertura: São João del-Rei Transparente / Atitude Cultural

Canal Memória Carnaval antigo


Fonte: Direto de São João del-Rei . 24/02/2014

***

Programação do Carnaval 2014 em São João del-Rei

O carnaval já fervilha, ecoa, batuca, requebra, esconjura a melancolia. Dia 8 p.p. foi a escolha da Rainha e Princesas do Carnaval 2014 na Avenida Presidente Tancredo Neves, principal via do centro de São João del-Rei. Evento forte e animado, corrido ordeira e pacificamente, que teve a grata volta de eterno Rei Momo, Roberto.
No sábado seguinte, 15 de fevereiro, foi a vez do primeiro bloco, o temporão Cachaça com Mel, Chora Borel, alegrando o Largo de São Francisco com suas marchinhas. Desceu a Balbino da Cunha como abre-alas do grande momo.
Enquanto isto (e desde vários dias antes...) por todos os cantos desta urbe, ensaios e preparativos aquecem a cada dia, num sem fim de afazeres.
Amanhã o pré-carnaval engrena com três blocos: a tradicional Bandalheira, na Rua Ministro Gabriel Passos e o Pérolas, Matinê de Rua, na praça do Morro da Forca, ambos à tarde, e à noite, o Zero Hora, cujo nome marca o horário de saída, das imediações do coreto.
Domingo, 23 de fevereiro, é a vez do Só Não Vai Quem Não Quer, que vem às 18 horas do Parque Real para a Praça Guilherme Milward. Desfilam também nesse dia oAlambique, partindo 21:15  h da Biquinha e pela primeira vez o Unidos do Aragê, que vem da Rua Ângelo Tirapelli rumo ao Centro às 16 horas, trazendo os foliões dos bairros Araçá e São Geraldo.
Daí a folia não para mais: segunda-feira, 24, desfila o Deixa o Mundo Girar, mais um que vem do Bonfim, 21 h; na terça é o PSF-Saúde, que sai 21 h do Carmo, além do tradicional Se Mamãe Deixar, 22 h, no Rosário, com sua bandinha de sopros e percussão, cheio de marmanjos de fraldões e grandes chupetas, e, é claro, as mamadeiras devidamente abastecidas. Trem Bão parte do Bonfim, local de várias agremiações.
 
Dia 26 de fevereiro, temos o gigante Lesma Lerda, que da Av. Oito de Dezembro arrasta uma multidão na noite da quarta-feira, com muitos foliões com fantasias criativas e frequentes e bem humoradas críticas. De primeiro Lesma Lerda trazia na frente umas pessoas metidas debaixo de um armação de arcos cobertos de pano estampado, terminando numa cabeça com cara de boazinha, pintada, e antenas de molusco, balançando. A grande lesma alegórica serpenteava rua afora à guisa do boi do bumba-meu-boi.
 
Casal de mandus, fantasia muito antiga e tradicional, flagrada no Bloco Lesma Lerda.
Foto: autor não identificado, 1996.  
 
No dia seguinte outro grande bloco toma as ruas, As Domésticas, com uma imensidão de homens travestidos em alegria e irreverência, concluindo com a típica eleição de seu destaque na escadaria do teatro. Mas As Domésticas dividem a noite com outros grandes grupos de foliões... os blocos Pirulito, que vem do Largo Tamandaré 22:30 h, o Gato de Botas, no mesmo horário partindo do Largo de São Francisco, e o Bloco n’Roll, concentrado num palanque na Rua João Salustiano.
O pré-carnaval continua, ou melhor, emenda com o carnaval propriamente dito da noite para a madrugada com blocos que se sucedem: a longa noitada traz um fora do centro, oBloco dos Mala, em Matosinhos, desde a Rua Santa Madalena até a praça do santuário e depois em retorno; Arrasta o Resto traz foliões do Largo do Tamandaré; o Largo do Carmo agita a “Lapa” são-joanense, foco do samba; a Mocidade Independente de Santo Antônio, com animada rapaziada alegra a antiguíssima Rua Santo Antônio, trecho do Caminho Geral do Sertão que virou rua com nome de milagreiro; Arroz com Vinagretisai das Águas Férreas, pras bandas do tradicional Tijuco; Copo Sujo, outro bloco de grande porte, inunda de foliões o Bonfim, despejando animação rua abaixo até a Praça Frei Orlando.            
A noite vira... revira... madruga... alvorece no Alvorada, a matina de mais um carnaval. O querido bloco do amanhecer carnavalesco traz no radiante nome a força da tradição das bandinhas. Com pijamas e camisolas foliões de todos os recantos vem para a velha Rua Direita _ quem dera ainda chamasse assim! _ atual Getúlio Vargas. Na tradicional esquina com a Arthur Bernardes, onde outrora a municipalidade erguia ornado coreto para as bandas do carnaval, sai mais esse gigante, Bloco da Alvorada, 5 horas, no cantar do galo.
           
Depois de um pré-carnaval assim... colossal, os dias do momo ainda não trazem canseira à multidão de conterrâneos e turistas que invadem as ruas. Atrás dos carros e caminhões de som, das bandinhas, daqui e dali, nas esquinas, junto aos bares, gente de avoluma em torno de um grupinho com charanga, ou d’uma bateria de improviso. Bate-papo, toma cerveja, ri, namora, relembra. Gerações se intercalam em diferentes formas de foliar o momo.            
Mas os blocos tem de continuar: Cambalhotas estende colchonetes pro caminho afora e lá vem o povo revirando cambota! Isto lá vai a tarde de sábado, até a noite, a partir do Largo de São Francisco; o Raposão junta sob o manto celeste, azul e branco cruzeirense a moçada do Largo do Carmo na mesma tarde; Mascarétis em mascarada e colorida folia, acolhedora e airosa, toma conta do calor da tardinha na Praça Dr. Salathiel;Trincação vem 17 horas descendo do Senhor dos Montes, desde a praça da igrejinha até a Avenida Presidente Tancredo Neves.
            
Os blocos de domingo são: Banda Mole, na Paulo Freitas e João Alvarenga (Alvarenga é a mãe!!!), do Matola, ambos vindo nessa tarde rumo ao centro; no Largo do Rosário a cultural atitude da Atitude Cultural põe na rua o querido Carnaval de Antigamente, reunindo a tradição do carnaval familiar e se concluindo com um desfile de velha jardineira e outros veículos antigos, nostalgicamente evocando os corsos que marcaram época. Alegre tarde. Acabou não! Tem ainda: Coração Rubro Negro que junta sob a fama flamenguista um monte de foliões no Largo do Carmo, Piranhas, bloco grandão trazendo rapaziada travestida desde o Alto das Águas Férreas na quente tarde domingueira; Santa Casa, vem das beiradas do Rio Acima, passa pela Frei Estêvão e chega ao São Francisco, isto pelas 17 horas; Chácara é bloco de mais tarde, mais uma agitação das noites do Bonfim e invade a madrugada.
            
Banda de Marchinhas no Carnaval de Antigamente. São João del-Rei/MG, 2013. 
 
Segunda-feira que seria normalmente de desânimo se revela extraordinária com o gigante do nosso carnaval, o maior de todos os blocos daqui, o Vamos a La Playa. Atrai milhares na rua em polvorosa alegria, molhados em duchas esguinchadas de mangueirões. Povo de biquíni, sunga, prancha de surfe, roupa de mergulhador. Demandava este bloco para a nossa “praia”, o cais do Lenheiro, pequeno córrego de nascente serrana. Vem hoje para a Av. Tiradentes.            
O último dia do carnaval trás o Bloco Pantanal, da Rua Getúlio Vargas, e o Caixinha, da ladeira do Sr. dos Montes, ambos no cair da tarde, boca da noite. Cura Ressaca (será que cura?!) acontece na tarde da Terça-feira Gorda, completamente fora do eixo geográfico do carnaval, na Colônia do Marçal, não muito longe das Mangueiras.
            
Pensa que terminou? Deixei para o fim propositalmente outras atrações. No distrito do Caquende, beira de represa, tem o Bloco do Bambu, domingo; noutros distritos tem movimento também pelos largos, mas é na Terra de Nhá Chica, Santo Antônio do Rio das Mortes Pequeno que o trem pega fogo. Um carnaval animado, que surpreende.  Com boa estrutura, se desdobra em três blocos que animam os dias principais: Unidos da Ponte,Bire Saturday e Birinight.            
Quer mais? Escolas de Samba! Trazem este ano para nós uma grande expectativa com o investimento maior, carregando uma tradicionalidade que já fez São João del-Rei ser considerado o melhor carnaval mineiro e um dos mais proeminentes do país.
 
Manchete jornalística dos anos 30, enaltecendo o carnaval da cidade.
         
Primeiro de março, a partir das 20 horas, a passarela do samba tem abertura com a corte momesca e desfilam sequencialmente as escolas de samba: Unidos da Lata (mirim),Girassol, Bonfim e São Geraldo.
            
Domingo, 02 de março, 20:30 h: Mocidade Independente de Santo Antônio (mirim, segundo desfile), Bate-paus (com mais de 80 anos de vida!), Metralhas e Vem me Ver.
            
Segunda, 03 de março, ainda diante das arquibancadas da Avenida Tancredo Neves é a vez dos blocos típicos, em sequência, das 20 h em diante: Sem Compromisso, depois é a vez do Mestre Quati com seus pitorescos bonecões no Recordar é Viver; o tradicionalíssimo e inusitado Os Caveiras, um bloco de que ainda nos ocuparemos mais numa postagem específica neste blog, e por fim Ferverão, trazendo muita criança.
 
Nêga Maluca, no carnaval são-joanense.
Foto: autor não identificado, 1998.
Terça desfilam as escolas campeãs do carnaval 2014.
            
Para não dizer que acabou tem uma novidade:concurso de marchinhas carnavalescas, com premiação batizada com um nome de peso, “Agostinho França”. Apresentação pública das finalistas será dia 04 de março, entre 17 e 20 h, no palco da Esquina do Kibom (Av. Tiradentes com R. Ministro Gabriel Passos). 

Todos estes grupos se filiam a duas associações, AESBRA e ABBC del-Rei.         
Duvida que tem isto tudo, mais de cinquenta agremiações em desfile? Então vem ver...           

* Texto e fotos (exceto indicação em contrário): Ulisses Passarelli   
Fonte: Blog Tradições Populares nas Vertentes   

***

Pré-Carnaval
Por Gazeta de SJDR . 15/02/2014

A batida de surdos, caixas, repiques e tamborins nas noites da cidade não deixa dúvidas: se anuncia a festa mais esperada pela maioria dos brasileiros: o Carnaval! Nos preparativos para a grande festa, na expectativa de que tudo aconteça como o planejado, muito empenho e esforço de anônimos apaixonados por essa época do ano.

- É o caso de João Bosco Canaveze, há mais de 40 anos fazendo história no Carnaval são-joanense. Em 2014, Bosco se empenha à frente de duas escolas: a São Geraldo, com a qual já ganhou cinco campeonatos; e a Em Cima da Hora, de São Vicente de Minas. “Com as limitações financeiras enfrentadas pela maioria das escolas do interior, me empenho na criatividade e no amor à arte”, diz ele, que confia ao talento de Enny Ramos as principais fantasias.

- Alzira Agostini Haddad,  através da Atitude Cultural, também prepara uma grande festa para o domingo, 2 de março. “O Carnaval de Antigamente é a festa das crianças e das famílias”, comenta Alzira, que comemora 15 anos de ações culturais nas praças e 30 anos de ações culturais em parceria com São João del-Rei. A fantasia da equipe Atitude Cultural, sempre um desafio para a criatividade, será “jardineiras semeando cultura”.

 

O conteúdo desse portal pode ser reproduzido, desde que citadas as fontes e os créditos.

www.saojoaodelreitransparente.com.br . Projeto, pesquisa, organização e concepção: Alzira Agostini Haddad . Todos os direitos reservados