São João del Rei Transparente

Agenda Cultural

7ª Semana Criativa Tiradentes . Programação 20 de outubro . 2023

Data

20/10/2023

Cidade

Tiradentes

Descrição

                                           SEXTA-FEIRA, 20 DE OUTUBRO

16h30 – BATE-PAPO
“A origem como fator de diferenciação no artesanato: o Vale do Jequitinhonha”
com Amanda Guimarães (analista técnica do Sebrae Minas e gestora estadual dos projetos de
artesanato), Thiago Tomaz (diretor de artesanato da Secretaria de Estado de Desenvolvimento
Econômico), Adriana Xavier (artesão da Associação dos Artesãos de Coqueiro Campo), Alice
Costa da Silva (artesã da Associação dos Artesãos de Minas Novas), Augusto Ribeiro (artesão
da Associação dos Artesãos de Santana do Araçuaí), Terezinha Gomes Pereira (artesã da Asso-
ciação dos Lavradores e Artesãos de Campo Alegre)
Local: Espaço Raízes, Palco Artesão
Mediação: Winnie Bastian
Oferecimento: Sebrae Minas e Secretaria de Estado de Desenvolvimento Econômico
17h –BATE-PAPO
“Design e afeto” com Lufe Gomes e Alexandre Rousset
Local: Casa Criativa
Oferecimento: Electrolux
17h30 – BATE-PAPO
Arquitetura, design e seus processos artesanais
com Hugo Sasdelli e Jader Almeida
Local: Espaço Festivo SCT/Villa Chafariz, Praça Circular
18h – BATE-PAPO
“Design feito à mão” com artesãos e designers 2023
Local: Centro Cultural Yves Alves, auditório
SEXTA-FEIRA, 20 DE OUTUBRO
10h30 – BATE PAPO
“Janete Costa, uma designer brasileira”
com Lúcia Santos, Mario Santos, Roberta Borsoi e Rodrigo Ambrosio
Local: Centro Cultural Yves Alves, auditório e jardim interno
Mediação: Adélia Borges
Oferecimento: Sherwin-Williams
14h – BATE-PAPO
“Como o artesanato está ajudando a construir uma moda brasileira com
identidade regional e apelo global”
com Antonio Castro (FOZ) e Daniela Falcão (Nordestesse)
Local: Centro Cultural Yves Alves, auditório
Mediação: Stephanie Ribeiro

SESSÕES DE AUTÓGRAFOS

15H – BATE-PAPO sobre o livro “Fernando Jaeger – quatro décadas de design” com Fernando Jaeger, seguido de sessão de autógrafos. Mediação: Otávio Nazareth (Editora Olhares)


10h30 ao meio-dia – Casa de passarinho com Áton Lourman e Nayara Zagnoli, da Oficina.cc.

10h30 ao meio-dia – Impressão botânica sobre papel machê com Samir Zavitoski

14h às 15h30 – Introdução ao universo da ourivesaria com Clarissa Arani

14h às 15h30 – Tear na grade com Eliana Maia

16h às 17h30 – Pintura em garrafa reciclada com pigmentos naturais com Alex Terra

16h às 17h30 – Carteira de couro com Bela Ladeira e Nôca (Aripuá)

70 anos de Casa e Jardim: capas que marcaram época”

Oferecimento: Casa e Jardim

Casa e Jardim é a revista mais antiga em circulação no Brasil. Em junho, completou 70 anos. A história da arquitetura e do design pode ser contada não só por suas páginas, mas principal- mente por suas capas. A exposição traz uma seleção das últimas décadas, que certamente vão despertar lembranças em muita gente de como era a casa a tempos atrás

Onde: Quatro Cantos Espaço Cultural, rua Direita, 5

Abertura oficial: 19 de outubro, às 10h

Horário de funcionamento: quinta-feira a domingo, das 9 às 21h.


Arte dos Mestres – artes do povo, artes plurais”

Oferecimento: Artesol, Galeria Brasileirinho, Moitará Arte Indígena e Marco 500. A exposição exibida recentemente na capital paulista ganha uma versão na Semana Criativa de Tiradentes dos principais mestres artesãos brasileiros. A curadoria é da dupla Jô Masson, da Artesol, e Marco Aurélio Pulchério, da Marco 500, e teve o apoio da Galeria Brasileirinho e da Moitará Arte Indígena, sendo uma ótima oportunidade de adquirir obras de artesãos consagra-dos. A exposição invade o museu, que foi a casa do Padre Toledo e palco da primeira reunião dos Inconfidentes, e convive com o acervo da casa em cenografia bem demarcada pelo arquiteto Alex Rousset.

Cenografia: Alexandre Rousset

Onde: Museu Casa Padre Toledo, rua Padre Toledo, 190

Abertura oficial: 19 de outubro, às 10h

Horário de funcionamento: quinta, sexta e domingo, das 9 às 17h; sábado, das 10 às 19h.


Casa Criativa”

Um espaço de convívio, de encontro e de bate-papos, ambientado com móveis, objetos, eletro-domésticos, louças e metais assinados por grandes marcas, designers reconhecidos, artesãos e artistas locais.

Cenografia: Alexandre Rousset

Onde: Rua da Câmara, 58

Abertura oficial: 19 de outubro, às 14h

Horário de funcionamento: quinta-feira, das 14 às 19h; sexta-feira e sábado,

das 10 às 21h; domingo, das 10 às 18h.



Desdobramentos” por artesãos e designers veteranos

A exposição faz parte do projeto continuado realizado pela Semana Criativa de Tiradentes com artesãos e designers que já participaram das imersões em outros anos. O grupo deste ano reuniu mais de 20 pessoas com o objetivo de incrementar coleções que já haviam sido criados ou ajudar a colocar de pé projetos engavetados ou iniciados dos artesãos. Participam do grupo deste ano: os designers Alexandre Rousset, Ana Vaz, Fernando Jaeger, Gustavo Bittencourt, Maraí Valente e Yaskara Jaeger e os artesãos Bela Ladeira, Deise Reis, Edna Carvalho, Eliana Maia, Lilia Fonseca, Maria Conceição de Paula, Marlon Carvalho (com o apoio da esposa Kelly e dos filhos Esther e Lucas), Nôca, Rondinelly Santos, Tatiane Carvalho, Vânia Leôncio, Vasique Leôncio, Wagner Trindade e Wellington Carvalho.

Cenografia: Alexandre Rousset

Onde: Sobrado Ramalho (sede Iphan), rua da Câmara, 124

Abertura oficial: 19 de outubro, às 10h

Horário de funcionamento: quinta-feira, das 10 às 19h; sexta-feira e sábado, das 10 às 21h;

domingo, das 10 às 18h.


Design feito à mão” por artesãos e designers da SCT 2023

O projeto da Semana Criativa de Tiradentes ampliou um pouquinho mais as suas fronteiras e atingiu as cidades de Coronel Xavier Chaves, famosa pelos artistas que trabalham com pedras, e de Resende Costa, reconhecida pelo tear, além de Tiradentes, claro! A exposição traz o resul-tado dos encontros, onde se discutiu processos criativos com os designers Alexandre Heberte, Marcelo Alvarenga, Stephanie Ribeiro e Susana Bastos e o chef Rafael Pires, que entrou no grupo para dar suporte para a estreia de uma quituteira na Semana Criativa de Tiradentes:Rosana Nascimento, moradora da comunidade da Caixa D’ Água da Esperança, zona rural de Tiradentes. Além dela, participam Antonio Maia, Gilberto Resende Romero, o Beto, Claudinei Matias do Nascimento, o Prego, Lucimar Cristina da Silva e Silvânia Mendonça.

Cenografia: Alexandre Rousset

Onde: Centro Cultural Yves Alves, rua Direita, 168

Abertura oficial: 19 de outubro, às 10h

Horário de funcionamento: quinta-feira, das 10 às 19h; sexta-feira e sábado, das 10 às 21h;

domingo, das 10 às 18h.


E o que dizem as águas...”

Oferecimento: Fundação Renova e Associação de Cultura Gerais (ACG) O espaço exibe (e vende) a coleção de produtos artesanais, gastronômicos, de moda e biocos-méticos desenvolvidos por artesãos e produtores, que fazem parte da Associação de Arte e Gastronomia - Vila de Regência e da Associação de Artesanato de Povoação do Rio Doce, com curadoria do estilista Ronaldo Fraga, que resgatou saberes e fazeres tradicionais da região. Na foz do Rio Doce, as vilas de Regência Augusta e Povoação, em Linhares (ES), foram atingidas direta e indiretamente pelo rompimento da barragem em Mariana, em 2015. O rompimento afetou intensamente o cotidiano e as principais atividades econômicas dessas comunidades, como a pesca e o surf. Com o projeto, vislumbrou-se um recomeço e a possibilidade de trans- mutar e transcender as perdas em ações de criatividade, inovação e esperança. Na coleção, sereias, peixes voadores, barcos, lendas locais e outros elementos poéticos, que povoam o imaginário e iluminam as peças, que são bordadas, esculpidas, moldadas e criadas artesanal-mente com inspiração e carinho.

Cenografia: Alexandre Rousset

Onde: Casa Criativa, rua da Câmara, 58

Abertura oficial: 19 de outubro, às 14h

Horário de funcionamento: quinta-feira, das 14 às 19h; sexta e sábado, das 10 às 21h; domingo,

das 10 às 18h.


Fosse pedra” com Alva Design

Oferecimento: Bel Lar e Docol. Nesta exposição, o estúdio mineiro de design Alva expõe peças desenvolvidas em pedra-sabão, criadas ao longo dos seus dez anos de existência. Desde o início da trajetória do estúdio, a pedra é um material recorrente nos seus trabalhos. Usando o torno como ferramenta principal, em parceria com o artesão Mauro Antônio de Souza, os trabalhos expostos enalte- cem o potencial plástico do material, seja pela sua maleabilidade, suas texturas e tonalidades.

Cenografia: Marcelo Alvarenga

Onde: Museu Casa Padre Toledo (antiga senzala), rua Padre Toledo, 190

Abertura oficial: 19 de outubro, às 10h

Horário de funcionamento: quinta, sexta e domingo, das 9 às 17h; sábado, das 10 às 19h.


E o que dizem as águas...”“E o que dizem as águas...”

Janete Costa, uma designer brasileira”

Mais de 3 mil projetos no currículo, prêmios e curadora de diversas exposições dentro e fora do Brasil. Isso é apenas uma parte do legado deixado pela arquiteta pernambucana Janete Costa (1932 – 2008). Com olhar apurado e sem preconceitos, jogou luz no artesanato brasiliro colando-o em pé de igualdade com obras de artistas reconhecidos. Sua obra foi muito influen-ciada pelo artesanato, inclusive os móveis e objetos que chegou a desenvolver para os seus projetos de interiores. Os filhos Lúcia Santos, Mário Santos e Roberta Borsoi, junto com o designer alagoano Rodrigo Ambrosio, resgataram uma parte das criações da arquiteta e as estão relançando com pequenos ajustes, recursos que Janete não tinha na ocasião. “Janete, uma designer brasileira”, como o próprio tema diz, mostra o lado designer desta profissional.Uma mulher a frente do seu tempo.

Cenografia: Alexandre Rousset

Onde: Sobrado Aimorés, rua Direita, 159

Abertura oficial: 19 de outubro, às 10h

Horário de funcionamento: quinta-feira, das 10 às 19h; sexta-feira e sábado, das 10 às 21h;

domingo, das 10 às 18h.


Metamorfoses dos fios e das tramas – Mulheres (entre) linhas

com o grupo Matizes Dumont, homenageado da edição Telas bordadas com o trabalho autoral e exclusivo dos artistas mineiros Matizes Dumont, homenageados da edição. A mostra reúne bordados muito especiais, cujo tema central será a força do feminino. Registros poéticos-visuais que simbolizam a busca pelos valores humanos, sociais e ambientais e cumprem a função da arte de mobilizar a sensibilidade do visitante. Em muitas culturas, os ofícios de tecer, fiar, bordar e toda a cadeia de atividades que os envolve são atribuições do feminino. A exposição destaca o papel central da mulher tecelã, fiandeira e bordadeira, juntando essas duas artes complementares, a tapeçaria e o bordado, num gesto único. Nas tramas do tecido, entremearam-se as linhas do bordado para ser recontada a história de Aracne, invertendo a lição do mito. Não mais, a metamorfose da mulher reduzida a um animal, mas da aranha, animal que se fez mulher, Aracne, tecelã de mitos, tramas e destinos.

Cenografia: Alexandre Rousset

Onde: Centro Cultural Yves Alves, rua Direita, 168

Abertura oficial: 19 de outubro, às 10h

Horário de funcionamento: quinta-feira, das 10 às 19h; sexta-feira e sábado, das 10 às 21h; domingo, das 10 às 18h.


As oficinas são uma grande oportunidade experimentar a sensação de criar produtos com as próprias mãos e ter a certeza de que todos somos capazes de criar. Artesãos e artistas se reúnem aqui para passar conhecimentos básicos em diversas tipologias: pedra-sabão, tear, ourivesaria, madeira, papel machê etc. As oficinas acontecem no Espaço Raízes e são as únicas atividades pagas do festival. Se houver vagas, as mesmas poderão ser adquiridas até o momento da aula através do link de inscrição.


Programação completa disponível em https://saojoaodelreitransparente.com.br/events/view/11309


Esteja sempre atualizado do que acontece em São João del-Rei, Tiradentes e região. Registre gratuitamente a sua agenda cultural, seminário, evento, palestras, o seu trabalho, sua pesquisa, artigo etc | Contribua com fotos, dados, atualizações e acervo: todos os créditos e colaborações serão registrados.

Vídeo Atitude Cultural

Curta e compartilhe o nosso conteúdo!


Compartilhar Imprimir

ESSE PORTAL É UM PROJETO VOLUNTÁRIO. NÃO PERTENCE À PREFEITURA DE SÃO JOÃO DEL-REI.
Contribua ajudando-nos a atualizar dados, ações, leis, agenda cultural etc. Todos os créditos serão registrados.