Agenda Cultural - Evento

Tancredo Neves . Centenário em São João del-Rei

Data
01 Mar 2010  
Cidade
SJDR  
Mais informações
São João del-Rei celebra 100 anos de Tancredo Neves

Inaugurações, espetáculos e lançamentos integram a programação

O centenário de nascimento de Tancredo Neves será celebrado com uma série de eventos em São João del-Rei. Inaugurações, estreias de espetáculos e lançamentos farão parte das comemorações que começam na próxima segunda-feira, 1º de março, e se estenderão até o dia 21 de abril. No dia 1º de março o Governo Federal lança um selo comemorativo do centenário. O evento acontece no Palácio da Liberdade, em Belo Horizonte, e contará com a presença do ministro das Comunicações, Hélio Costa, e do governador Aécio Neves (PMDB).
Na quarta-feira, 3 de março, será a vez do Congresso Nacional homenagear Tancredo Neves com a realização de uma sessão solene proposta pelo senador Eduardo Azeredo (PSDB).
São João del-Rei também ganha vários presentes com a celebração da data e começa as comemorações na próxima quinta-feira, 4 de março, com a reinauguração do Memorial Tancredo Neves.
Planejado pelo museólogo e curador Marcello Dantas, a revitalização do espaço dará um tratamento de narrativa contemporânea. “Quer dizer, vamos contar a história de Tancredo com o olhar de hoje usando interatividade, recursos audiovisuais e elementos cenográficos. Vamos valorizar a memória de Tancredo utilizando a língua dos jovens. Essa é a principal mudança filosófica do museu”, disse.
Quem visitar o Memorial vai poder ver as origens do primeiro presidente civil após o Golpe de 1964, o seu papel político aliado a sua capacidade de dialogar, o movimento das Diretas Já, a dor de Tancredo com a doença, a dor coletiva do país com sua morte. Além disso, no acervo ainda consta uma sala com a máscara mortuária de Tancredo protegida por uma piscina de água que reflete suas palavras e pensamentos projetados pelas paredes da sala.
O percurso termina com a sala Post Scriptum onde estarão expostas a carta do Papa, as manchetes dos jornais com a notícia da morte de Tancredo e depoimentos como de Ferreira Gullar e outros intelectuais após a tragédia. Dois vídeos de Silvio Tendler também irão integrar o percurso do Memorial. No decorrer do espaço as pessoas irão interagir com a história de um dos principais protagonistas da implantação da democracia no país.
Dantas afirmou ainda que esse projeto é a memória da nação que ele está ajudando a construir. “É uma honra e me emociona muito participar dessa equipe. No período de 84 e 85 o Brasil estava no berço do que a gente é hoje em termos de sociedade contemporânea democrática. Para mim foi o fato mais importante que aconteceu no país no século XX e acompanhar todo esse projeto me faz apaixonar ainda mais pela história de Tancredo Neves”, concluiu.
Outras solenidades que acontecerão na cidade é a reinauguração do Museu de Arte Sacra e da casa de Bárbara Heliodora todas previstas para acontecer no próximo sábado, 6 de março. “Entregaremos em um primeiro momento a parte estrutural do prédio e posteriormente o projeto museográfico. No dia 6, a casa abrirá suas portas com uma exposição referente à Capital Brasileira da Cultura 2007”, explicou o gestor do Núcleo de Interiorização da Secretaria de Estado da Cultura, Adenor Simões.
“Essas homenagens reativam a memória das pessoas para o grande homem que foi Tancredo Neves e a importância desse nome como grande estadista do país e para São João. O município ganha na parte emocional porque celebra em conjunto um dos seus filhos mais ilustres. O segundo presente para a cidade onde os sinos falam é que os olhos do país vão se voltar para a terra de Tancredo Neves. É uma visibilidade para São João”, ressaltou Simões. Visão compartilhada pela presidente da Associação dos Amigos São-Joanenses, Alzira Haddad. “As pessoas devem aproveitar esse momento para repensar os ideais de democracia e contribuir para a política púbica e cultural da cidade. É um evento para aperfeiçoar ainda mais as iniciativas em São João del-Rei”.
Ainda no dia 6 de março estreia o espetáculo Terra de Livres com patrocínio da Usiminas, através do incentivo da Lei Rouanet, e apoio da Fiemg e do Governo do Estado de Minas Gerais. Percorrendo o centro histórico da cidade com 108 pessoas das comunidades locais e um núcleo central de 17 atores, o espetáculo incorpora a interpretação dos artistas com projeções. “Nós muitas vezes temos o confronto da imagem real com a imagem virtual que será projetada”, disse o diretor artístico Luiz Fernando Lobo.
Outra comemoração será organizada pela Academia Brasileira de Letras (ABL), que promoverá sessão solene, no dia 23 de março, em homenagem ao ex-presidente. A Fundação Tancredo Neves fará nova edição do livro “Tancredo Neves – Um Homem para o Brasil”, projeto da jornalista Andrea Neves, neta de Tancredo, que será lançado em três formatos diferenciados. O relançamento ocorrerá no Museu da República do Rio de Janeiro, no dia 10 de abril. Na mesma data e local será aberta a exposição “Tancredo 100 Anos”. Também acontecerá o lançamento dos livros “Tancredo Neves, a Política Como Razão” e “Tancredo: O Verbo Republicano”, organizados pelo jornalista Mauro Santayana. A Fundação vai lançar ainda um portal que reúne a história de Tancredo e o cineasta Silvio Tendler, autor dos filmes “Jango” e “Anos JK”, prepara um documentário a ser lançado em DVD.

Fonte: Gazeta de São João del-Rei . 27/02/2010

Para mais informações/imagens sobre este tema, utilize o SISTEMA DE BUSCA de nosso portal 
Colabore com este Portal compartilhando suas fotos, documentos e ação/projeto cultural.
Registraremos esta colaboração e todos os créditos.  Envie por favor para o nosso
contato
 

www.saojoaodelreitransparente.com.br . Projeto e coordenação: Alzira Agostini Haddad . Todos os direitos reservados