Melhores Práticas - Ação

1. Serviços São João del-Rei e região

Instituto Apoiar . A Periferia é o Centro . Assessoria a grupos comunitários

Texto

Prestar assessoria a grupos comunitários que atuam na ação social nas associações de moradores e de bairros; formar lideranças nos principais temas sociais urbanos e seus sistemas de habitação, trabalho, saúde, saneamento e educação fundamental; e desenvolver uma rede solidária local capaz de reunir cidadãos, lideranças e instituições da sociedade de forma integrada, democrática e participativa, conectados através de objetivos temáticos comuns, solidários com o propósito de promover o desenvolvimento sustentável local. Esses são os objetivos do projeto A Periferia é o Centro que acontece desde o dia 10 de abril de 2010 em São João del-Rei, como explicou o presidente do Instituto Apoiar, Antônio Claret de Souza. “Queremos mostrar para o poder público que a periferia precisa ser o centro das atenções. E mostrar para os moradores da periferia quais são, seus direitos e deveres, apresentando para eles o caminho que deve ser seguido para o desenvolvimento da cidade”, ressaltou Souza, afirmando também que para que esse programa seja concretizado o Instituto Apoiar realiza de l5 em l5 dias reuniões com diversas comunidades para acompanhar o projeto.

Ao todo, o Instituto Apoiar atende atualmente dez associações de bairro com projetos diversificados, como destacou Souza. “Os cursos vão surgindo à medida que as pessoas vão solicitando. Já fizemos o curso Como Elaborar Projetos e temos um permanente, sobre inclusão digital, que percorre vários bairros da cidade. O próximo que iremos fazer é sobre orçamento público. Nesse curso pretendemos mostrar para as pessoas como o dinheiro público é gasto, é dividido”, explicou.

O Instituto Apoiar conta atualmente com 20 voluntários responsáveis em ministrar os cursos. “Não temos nenhum apoio governamental. O único recurso que obtemos vem de projetos de sustentabilidade que nós mesmos desenvolvemos e de doações de equipamentos de algumas empresas e da Universidade Federal de São João dei-Rei (UFSJ). Portanto as pessoas que quiserem nos ajudar, seja financeiramente seja com seus conhecimentos são muito bem-vindas”, disse.

INCLUSÃO DIGITAL ITINERANTE
O Instituto Apoiar conta com 17 computadores, montados a partir da doação de 30 CPU’s desativados da UFSJ e de 30 monitores de vídeo da LSM Brasil S.A, além da contribuição de algumas pessoas. “Em agosto do ano passado nós iniciamos o curso com 15 vagas para pessoas de idade entre 21 e 35 anos. O curso tem carga horária de 30 horas de prática e mais dez horas sobre cidadania. Nosso objetivo central é atender pessoas de baixa renda, pois entendemos que o exercício pleno da cidadania passa necessariamente pelo exercício dos direitos à formação e informação”, afirmou Souza.

O presidente do Instituto Apoiar explicou ainda que os computadores ficam em média três meses em cada comunidade. “Nosso laboratório estava montado na Associação Comunitária Rainha da Paz, na comunidade do Lombão. Agora vamos procurar outra comunidade que tenha interesse em receber o curso, mas para isso precisamos de um local adequado para montar os computadores”, ressaltou.

A próxima reunião do Instituto Apoiar acontecerá hoje,12, às 14h, no campus Santo Antônio da UFSJ. A última reunião do mês será no sábado, 26, no mesmo local.

As pessoas interessadas em fazer algum curso, receber assessoria ou se candidatar a voluntários podem comparecer à sede do instituto localizado na Rua Quintino Bocaiúva, n° 136, sala 206, no Centro. Outras informações pelo telefone (0**32)88140318, pelo email contatoinstitutoapoiar.org.br ou ainda no site www.institutoapoiar.org.br.

Fonte: Gazeta de São João del-Rei . 12 de Março de 2011

Compartilhe fotos, documentos e ação/projeto cultural, registraremos a colaboração e todos os créditos. 
O conteúdo desse portal pode ser reproduzido, desde que citadas as fontes e os créditos.
Mais informações/imagens, utilize o SISTEMA DE BUSCA de nosso portal
 

 

www.saojoaodelreitransparente.com.br . Projeto e coordenação: Alzira Agostini Haddad . Todos os direitos reservados